Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Presidente botafoguense ainda acredita em vaga na Libertadores

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O gol sofrido nos acréscimos para o Palmeiras impediu o Botafogo de ser aproximar mais do São Paulo na briga por uma vaga na Copa Libertadores de América. Com o resultado, os alvinegros chegaram a 51 pontos, oito a menos que os paulistas, a quatro rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro. Mesmo com a diferença, o presidente Maurício Assumpção ainda acredita na possibilidade da equipe jogar a principal competição sul-americana da temporada.

“Enquanto matematicamente tiver chance, temos que achar que dá. Os jogadores sabem disso e tem que saber fazer o dever de casa, que é vencer todos os jogos. Nós sofremos o gol do Palmeiras já nos acréscimos, mas o São Paulo também perdeu ponto nesta rodada”, disse.

O mandatário ressaltou que o elenco desta temporada ficou mais forte não só por conta dos reforços, mas também pela inclusão de jogadores das categorias de base de General Severiano. Assumpção fez questão de elogiar o trabalho feito pelo técnico Oswaldo de Oliveira por colocar os jovens em campo para que ganhassem experiência.

“É importante termos a melhor campanha dos pontos corridos, mas estamos fazendo muito pela base do Botafogo, que foi deixada de lado por muitos anos. O Oswaldo de Oliveira ajudou muito esses jogadores, pois deu respaldo e colocou em campo os garotos. Ele confia no trabalho que foi feito, tanto que colocou garotos em vários momentos da campanha, até mesmo quando estávamos mal no Brasileiro”, elogiou.

Para 2013, o presidente alvinegro aposta na manutenção da atual equipe e a chegada de alguns reforços específicos.

“A base faz com que o elenco fique mais sólido e ajuda o clube também. Com isso, poderemos fazer contratações pontuais para a próxima temporada. A tendência é melhorar no próximo ano”, finalizou, esperançoso.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade