Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Vitor Júnior deixa o seu e chora ao falar em "reconquista" no Bota

Rio de Janeiro (RJ)

A situação de Vitor Júnior no Botafogo é delicada. O meia sofreu com lesões nesta temporada e viu a sua conturbada vida noturna motivar uma série de críticas do torcedor. Contudo, após receber mais um voto de confiança de Oswaldo de Oliveira, neste sábado, o jogador saiu do banco para selar a vitória alvinegra e provar que tem condições de continuar no clube na próxima temporada.

“Quem acompanha o futebol sabe o quanto foi difícil essa minha reconquista. Eu fiquei dois meses lesionado, mas hoje Deus foi temeroso com a minha vida e eu consegui ajudar o time a sair com a vitória”, disse o emocionado atleta, autor do terceiro gol no triunfo por 3 a 0 sobre a Portuguesa, no Engenhão.

Com lágrimas nos olhos, o armador não escondeu a felicidade de ter superado os obstáculos impostos nesta temporada e garantiu que se doará ao máximo nas últimas três rodadas para levar o Botafogo a uma colocação melhor no Brasileiro. “É um choro de alegria misturada com tudo. Com vontade de voltar a jogar bem. Eu consegui mostrar para o treinador hoje que tenho condições de jogar até o final do ano.”

Emprestado do Corinthians até o final desta temporada, Vitor Júnior ainda não tem o seu futuro garantido em General Severiano. Por não ser unanimidade entre a torcida e a diretoria, o atleta poderá ter o seu vínculo encerrado assim que o Nacional tiver fim. Mesmo com tantas incertezas sobre a sua carreira, o armador garantiu que este tipo de assunto não irá influenciar em seu rendimento.

“Eu tenho contrato com o Botafogo até o final do ano e posso dizer que estou muito feliz aqui. Mas essas questões envolvendo a minha renovação serão decididas mais para frente. Eu vou sentar com o meu pai e veremos o que será melhor para mim”, encerrou o confiante armador alvinegro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade