Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bahia derrota a Ponte Preta e dá grande passo rumo à permanência

Salvador (BA)

O Bahia deu um importante passo para assegurar a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro da próxima temporada neste domingo, quando derrotou a Ponte Preta por 1 a 0 no Estádio de Pituaçu e ficou fora do alcance do Palmeiras.

O Tricolor de Aço não começou bem a partida e foi inferior à Ponte Preta no primeiro tempo. No entanto, a equipe começou a pressionar no segundo tempo e a exigir grandes defesas de Edson Bastos, que foi muito bem em pelo menos quatro lances.

No entanto, o goleiro nada pode fazer aos 35 minutos da etapa final, quando Hélder cruzou rasteiro na área, Souza fez o pivô e ajeitou a bola para a chegada de Neto pela direita da área. O lateral bateu cruzado de primeira e fez o gol da vitória do Bahia.

Com a vitória e o empate do Palmeiras com o Flamengo por 1 a 1, o Tricolor de Aço já não pode mais ser alcançado pelo Verdão e agora precisaria ficar atrás de Sport e Portuguesa para ser rebaixado à Série B da próxima temporada.

Com dois jogos a serem disputados, a equipe chegou aos 43 pontos contra 34 do Palmeiras, 37 do Sport e 40 da Portuguesa, que ainda jogam na rodada. Enquanto isso, a Ponte Preta perdeu chance de garantir vaga na Copa Sul-americana do ano que vem e segue com 46 pontos no meio da tabela.

Arte GE.Net
O jogo - Mesmo atuando fora de casa, a Ponte Preta foi superior desde o começo da partida. O jogo começou com o time paulista marcando no campo ofensivo e o Bahia apresentando nervosismo e dificuldades para manter a posse de bola.

A primeira metade da etapa inicial, porém, não teve muitos lances agudos para nenhum dos dois lados. A melhor chance desse período veio aos 13 minutos, com Nikão encontrando Baraka pela esquerda da área com um cruzamento. O volante tentou a finalização de primeira, mas foi travado por Fabinho.

No entanto, a partir dos 25 minutos, o jogo melhorou. O Tricolor de Aço se organizou em campo e conseguiu equilibrar o tempo de bola, mas, ao mesmo tempo, abriu espaços para a Macaca levar mais perigo quando tinha a bola. Aos 26, Ferron quase abriu o placar com um peixinho após cruzamento de Nikão, mas mandou a bola à direita do gol.

Na melhor chance tricolor do primeiro tempo, Hélder arriscou de longe e forçou Edson Bastos a dar rebote aos 28 minutos, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

A Ponte levava muito perigo com Luan, que não era bem marcado pelos adversários e encontrava espaço para cortar para a perna direita e conseguir boas finalizações. Roger também assustou quando, aos 34 minutos, viu Marcelo Lomba adiantado e tentou o gol por cobertura do meio-campo, mas mandou a bola para fora.

A Macaca voltou pior do intervalo, encontrando dificuldades para passar pela defesa adversária. Mesmo assim, a equipe teve sua melhor chance até então aos 12 minutos, quando Cicinho recebeu passe em profundidade de Luan pela direita da área, driblou Marcelo Lomba e, perto da linha de fundo, finalizou quase sem ângulo para fora.

Mesmo no desespero, o Bahia foi começando a pressionar e viu o que seria seu grande obstáculo na partida: Edson Bastos. Aos 16, o goleiro fez bela defesa em cabeçada à queima-roupa de Fahel após cruzamento de Neto. O grande momento do arqueiro da Macaca, porém, viria aos 28 minutos.

Na ocasião, Souza recebeu bom passe de Diones dentro da área e finalizou para grande defesa de Edson Bastos. Zé Roberto chegou para concluir o rebote, mas parou em outra intervenção do arqueiro.

Edson Bastos, no entanto, não conseguiria impedir o gol aos 35 minutos. Hélder avançou pela direita e cruzou rasteiro para Souza fazer o pivô e ajeitar para a chegada de Neto pela direita, que bateu cruzado de primeira para balançar as redes.

A Ponte Preta não conseguiu se aproximar do empate e ainda contou novamente com Edson Bastos para impedir outro gol. O goleiro fez grande defesa à queima-roupa para defender cabeçada de Hélder após cobrança de escanteio aos 43 minutos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade