Futebol/Brasileirão Série A - ( - Atualizado )

Lusa tenta aproveitar crise do Inter para escapar do rebaixamento

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Estar ameaçado pelo rebaixamento e ter que enfrentar o Internacional, no Beira-Rio, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, é um cenário que soaria desesperador para qualquer time antes do início da competição. Mas a realidade, porém, é diferente: a Portuguesa vai a Porto Alegre neste domingo buscando se aproveitar do fato de o Colorado estar em crise, para tentar conquistar um resultado positivo e deixar para trás o fantasma da segunda divisão.

A Lusa, é verdade, não ganha há oito jogos. Mas os gaúchos vêm de três derrotas consecutivas, perdeu seu técnico e não tem mais o que disputar dentro da competição. A demissão de Fernandão, ocorrida na última terça-feira, escancarou os problemas internos no vestiário colorado. O zagueiro Bolívar, que, segundo o técnico, recusou-se a ficar no banco de reservas na partida contra o Corinthians, domingo passado, foi afastado e treina em separado do restante do elenco.

“Aprendi que no futebol não vale à pena dizer a verdade nunca. Fui amigo de quem não merecia ser meu amigo. Eu aprendi a separar profissionalismo de amizade. Não me arrependo de ter falado na zona de conforto, mas sim de como fiz depois, agindo como amigo quando não devia. Não vou mentir sobre o acontece no vestiário, vou apenas omitir”, disparou Fernandão em sua coletiva de despedida, na qual chegou a chorar.

O meia Fred, um dos poucos destaques da equipe neste Brasileirão, garantiu, no entanto, que o vestiário colorado tem um clima saudável. “Sou grato ao Fernandão por ter me colocado para jogar. Infelizmente, teve que sair. Mas o vestiário do Inter é tranquilo, o clima é bom. Claro que é ruim vir de três derrotas seguidas, mas o clima no grupo é de amizade”.

Alexandre Lops/SCI
O meia Fred, um dos destaques do time neste Brasileiro, afirmou que o clima dentro do vestiário é bom
Quem assume o lugar de Fernandão para as duas últimas rodadas é o interino Osmar Loss. Em sua primeira semana de trabalhos comandando a equipe, duas alterações foram realizadas: na lateral-direita, Elton assume a vaga deixada pelo suspenso Édson Ratinho. Na esquerda, sem o suspenso Fabrício e o lesionado Kleber, o garoto Massari foi promovido das categorias de base.

Já a Portuguesa, que chegou a abrir nove pontos em relação à zona de rebaixamento, está agora apenas um ponto à frente do Sport, o primeiro dos quatro que caem. No último domingo, a equipe rubro-verde chegou a estar vencendo o Grêmio por 2 a 0 no Canindé, mas cedeu o empate. Mesmo que o time tenha atuado bem frente ao vice-líder do Brasileiro, o resultado não foi bem recebido pelo técnico Geninho.

“Pelo jeito que a Portuguesa se apresentava em campo até sofrer o primeiro gol, esse resultado deixa um sabor amargo em todos nós. Demos um vacilo em uma bola parada e aquele gol ressuscitou o Grêmio e nos abateu, a ponto da partida ficar perigosa para nós no final”, afirmou o comandante lusitano.

Divulgação/Portuguesa
O técnico Geninho lamentou o empate com o Grêmio, na rodada passada: "O time ficou abatido após o gol"
Buscando fugir da pressão, o elenco se refugiou no interior mineiro. A equipe contará com a volta do goleiro Dida, que cumpriu suspensão. O único desfalque é o zagueiro Valdomiro, que será substituído por Rogério, o que abre espaço para a volta de Marcelo Cordeiro à equipe. A Lusa, caso vença, pode até acabar a rodada livre do risco de queda. Basta que, além de ganhar do Inter, o Sport perca em casa para o campeão Fluminense.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X PORTUGUESA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 25 de novembro de 2012, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)

INTERNACIONAL: Muriel; Elton, Rodrigo Moledo, Índio e Massari; Ygor, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião
Técnico: Osmar Loss

PORTUGUESA: Dida; Luís Ricardo, Gustavo, Rogério e Marcelo Cordeiro; Fernando, Léo Silva, Boquita e Moisés; Ananias e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade