Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Para manter vice na mira, São Paulo pega o Grêmio, seu ‘obstáculo’

Thiago Bastos Ferri* e Vicente Fonseca São Paulo (SP)

Com a boa vantagem do Fluminense para se sagrar campeão brasileiro, o objetivo no São Paulo é buscar a vice-liderança do Atlético-MG. Para conseguir o feito, o atual quarto colocado da competição vai até Porto Alegre e, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), enfrenta o Grêmio, um dos ‘obstáculos’ nesta busca tricolor, no Olímpico.

O confronto com a equipe de Vanderlei Luxemburgo é de grande importância no São Paulo, pois o clube gaúcho está na terceira posição, com 63 pontos, quatro de vantagem para os paulistas. Embora a vitória no Sul não gere a troca de posição, esta pode deixar o São Paulo ainda mais perto do Galo, que soma 64 pontos no início desta 35ª rodada.

“Pela possibilidade de terminar em segundo lugar, este jogo é imprescindível. Espero que a gente tenha competência para jogar bem contra o Grêmio, pois este será o primeiro passo para a vitória. Depois desta partida, definimos nossa vida no Brasileirão. Uma vitória nos coloca em situação real de brigar pelo segundo lugar, embora a gente dependa de outros resultados”, discursou o técnico Ney Franco.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Fora da partida com a Universidad do Chile, o atacante Osvaldo está de volta ao time titular do São Paulo
Ainda que uma combinação de placares seja necessária para bater os mineiros, o comandante tricolor pediu apenas para que a equipe “faça a sua parte” nestes quatro últimos jogos dentro do Nacional. Para isso, o clube conta com a animação pelo novo vínculo de Rogério Ceni. Aos 39 anos, o arqueiro anunciou nesta sexta-feira que aumentou seu contrato com o clube para até o final de 2013.

Em compensação, o volante Wellington, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, será desfalque no jogo que pode ser uma prévia da semifinal da Copa Sul-americana, pois o São Paulo pega o Grêmio, caso o time gaúcho elimine o Millonarios na próxima quinta, em Bogotá. Sem o elogiado camisa 5, Ney Franco projeta alterar o posicionamento de Denilson e recuá-lo para que ele faça a função de primeiro homem no meio de campo.

“O Wellington está em um momento especial, rendendo tanto na parte técnica, quanto na parte tática. Não temos um jogador com o mesmo perfil. A função dele quem vai fazer é o Denilson, e temos que encaixar o segundo volante, que é quem sai mais para o jogo”, esboçou o treinador.

Quem assume esta vaga, porém, ainda é um mistério. Maicon, Paulo Assunção, Casemiro e até Douglas, improvisado, têm chances de atuarem. No ataque, Osvaldo, que sentiu dores na coxa esquerda e não enfrentou a Universidad do Chile, em jogo que garantiu os paulistas na semi da Copa Sul-americana, volta a ser titular.

Ele formará o trio de frente com Lucas e Luis Fabiano. Na defesa, Paulo Miranda ainda pode fazer sua volta. Atualmente fora por conta de uma entorse no joelho esquerdo, o camisa 13 treinou bem na sexta-feira e depende da confirmação neste sábado para saber se terá condições de participar do encontro no dia seguinte.

No Grêmio, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem alguns problemas para montar a equipe que joga neste domingo. O atacante Kleber, recuperando-se de uma lesão no tornozelo, não deve atuar. A ideia é poupar o Gladiador para o jogo decisivo contra o Millonarios, na próxima quinta.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Com efeito suspensivo, o atacante boliviano Marcelo Moreno poderá enfrentar o São Paulo neste domingo
Ao menos, o clube obteve efeito suspensivo para o centroavante Marcelo Moreno. O boliviano havia sido punido com quatro jogos de suspensão por sua expulsão no empate em 2 a 2 com o Fluminense, mas agora tem escalação garantida no domingo.

Há problemas, também, na zaga e no meio-campo. Werley e Júlio César, suspensos, estão fora da partida. Anderson Pico, que fraturou o dedo mínimo da mão esquerda na vitória sobre a Ponte Preta, deve atuar com uma proteção no local lesionado. Gilberto Silva e Elano, desgastados, não realizaram treinos fortes durante a semana, a fim de evitarem lesões nesta reta final. Caso não joguem domingo, serão substituídos por Vilson e Marco Antônio.

A torcida do Grêmio, que faz do clube gaúcho o campeão em média de público do campeonato (com 28,5 mil torcedores por jogo), lotará o Olímpico. Todos os ingressos foram vendidos, sem que houvesse necessidade de promoção. A expectativa é de que pelo menos 45 mil torcedores estejam presentes na tarde deste domingo.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SÃO PAULO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 11 de novembro de 2012, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Thiago Gomes Brigido (CE)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Gilberto Silva, Naldo e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Leandro e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rhodolfo, Rafael Toloi e Cortez; Denilson, Maicon (Casemiro ou Paulo Assunção) e Jadson; Lucas, Luis Fabiano e Osvaldo
Técnico: Ney Franco

*especial para a GE.net

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade