Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sem nada em disputa, Flamengo e Botafogo cumprem tabela no Engenhão

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Flamengo e Botafogo fazem clássico esvaziado, apenas para cumprir tabela, na noite deste sábado, às 19h30 (de Brasília), no Engenhão, na despedida dos dois clubes do Campeonato Brasileiro. O Glorioso, que vem de derrota por 3 a 2 para o Atlético-MG, aparece na sétima posição com 54 pontos, cinco a mais que o Rubro-negro, o qual no último fim de semana empatou por 1 a 1 com o Vasco. Os dois times não almejam mais nada em 2012, pois não têm mais chances de se classificarem para a Copa Libertadores e estão garantidos na Sul-americana.

Apesar de o jogo valer muito pouco para eles, os dois times tentam encontrar alguma motivação para esta partida. Dorival Júnior, técnico do Flamengo, fala em terminar bem 2012 para começar 2013 melhor ainda. “O ano não acabou e temos que terminar de uma boa maneira, deixando uma impressão que faça a torcida acreditar que dois mil e treze vai ser muito diferente. Trata-se de um clássico, um jogo que a torcida não admite perder e quer sempre ganhar. Portanto, precisamos nos empenhar”, disse Dorival.

Já Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, lembrou que o time pode terminar o Brasileirão na quinta posição, a melhor campanha desde o título de 1995. Para isso, tem que ganhar e torcer por uma derrota do Corinthians para o São Paulo e um tropeço do Vasco diante do Fluminense, em jogos programados para domingo.

“Nós temos sempre que procurar motivos para lutar no futebol. Por ser um clássico, a motivação já existe por si só, até porque estamos defendendo a camisa de um grande clube como é o Botafogo. Além disso, essa possibilidade de terminar em quinto lugar deve nos motivar, pois vai mostrar que poderíamos ter tido uma melhor sorte”, afirmou Oswaldo.

O jogo também servirá para atletas que podem mostrar serviço para permanecerem em seus clubes em 2013. Caso do lateral esquerdo Lima, do Botafogo, que vai ganhar a vaga de Márcio Azevedo, preservado por conta de uma cirurgia para retirada de um cisto nas costas. O jovem lateral se mostra empolgado com essa possibilidade.

“Trata-se de um jogo especial, onde os times não querem nem pensar em perder, mesmo sem valer muita coisa. O Flamengo tem um bom time armado pelo Dorival e nós, infelizmente, vamos sofrer com alguns desfalques. Mas estou muito animado para poder ajudar o grupo e acredito que temos condições de conquistar uma vitória”, afirmou o lateral botafoguense.

A entrada de Lima não será a única modificação na equipe alvinegra, que sofrerá com o excesso de desfalques. O treinador não poderá contar com o goleiro Jefferson, com os zagueiros Antônio Carlos e Dória e com o meia Andrezinho, todos suspensos por acúmulo de cartões amarelos, e nem com o lateral direito Lucas, expulso na derrota por 3 a 2 para o Atlético-MG.

Assim, Renan entrará no gol, Lennon atuará na lateral, Fábio Ferreira e Brinner formarão a dupla de zaga, enquanto que Fellype Gabriel atuará no meio. No ataque, Elkeson, que estava na vaga de Bruno Mendes, que continua impedido de entrar em campo pelo Botafogo desde que seu contrato foi anulado, foi negociado com o futebol chinês. Assim, Sassá deve ser o titular neste sábado.

Pelo lado do Flamengo também acontecerão mudanças na equipe. Como já era esperado, o volante Amaral, que cumpriu suspensão no empate com o Vasco, reaparece na vaga de Aílton. Outra será a entrada de Wellington Bruno na vaga de Cleber Santana. “A equipe que vou mandar a campo tem plenas condições de vencer o Botafogo, mesmo respeitando a qualidade do rival. Todos entrarão em campo motivados”, assegurou Dorival.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Engenhão e empataram sem gols. Como curiosidade do embate, o Botafogo não vence o Flamengo em Brasileiros desde a edição de 2000, quando derrotou o rival por 3 a 1 no Maracanã.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X BOTAFOGO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1 de dezembro de 2012 (Sábado)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Assistentes: Luiz Antônio de Oliveira (RJ) e Luiz Regazone (RJ)

FLAMENGO: Paulo Victor, Wellington Silva, Renato Santos, Marcos González e Ramon; Amaral, Renato Abreu, Ibson e Wellington Bruno; Hernane e Vagner Love
Técnico: Dorival Júnior

BOTAFOGO: Renan, Lennon, Fábio Ferreira, Brinner e Lima; Gabriel, Jadson, Fellype Gabriel, Seedorf e Lodeiro; Sassá (Elkeson)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade