Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Sonhando com a Libertadores, Botafogo recebe ameaçada Portuguesa

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo recebe a Portuguesa neste sábado, às 19h30 (de Brasília), no Estádio do Engenhão, em confronto válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na quinta colocação, com 51 pontos conquistados, o Glorioso almeja uma vaga na Copa Libertadores e vem de empate por 2 a 2 com o Palmeiras.

Já a Lusa tem planos bem mais modestos, já que após a derrota de 1 a 0 para o Bahia, no último final de semana, voltou a se preocupar consideravelmente com o risco de rebaixamento. O time paulista ocupa a 15ª colocação, com quarenta pontos ganhos, quatro a mais que o Sport, melhor posicionado na zona de queda.

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, tem procurado motivar seus jogadores para que eles acreditem que ainda é possível conseguir a classificação para a competição continental. “Nós temos que continuar lutando, pois enquanto existir esperança devemos trabalhar com a possibilidade. Vamos procurar fazer a nossa parte. Temos quatro jogos por fazer e o compromisso com os nossos torcedores que vamos nos empenhar muito em busca do resultado. Se ao final a vaga não for conquistada, pelo menos teremos nos esforçado para que ela viesse”, disse o treinador.

Os jogadores concordam com o comandante sobre a importância de uma vitória diante da Lusa, independentemente da realidade no Brasileiro. Para isso admitem tentar tirar proveito do desespero do adversário. O Botafogo tem conseguido bons resultados contra rivais que lutam contra o rebaixamento. Foi assim, recentemente, nas vitórias por 2 a 0 sobre o Figueirense e por 4 a 0 sobre o Atlético-GO.

“Nós estamos mostrando tranquilidade quando entramos em campo contra esses adversários, que acabam ficando pressionados por conta da situação na tabela de classificação. É preciso, nesses casos, saber jogar com calma, esperando o momento certo para dar o bote, já que a pressão e o relógio jogam contra o nosso adversário” afirmou o goleiro Jefferson.

O Botafogo ainda não está definido para este jogo e a dúvida está em seu principal jogador. O meia holandês Clarence Seedorf, se recuperando de lesão na coxa direita, fará um teste no dia do jogo, pela manhã. Caso não possa atuar, Fellype Gabriel será mantido no setor. O volante Gabriel, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Palmeiras, dá sua vaga a Jadson.

Arte GE.Net
Pelo lado da Portuguesa, o técnico Geninho não quer ver seus jogadores preocupados com as partidas de seus concorrentes diretos na luta contra o rebaixamento. Ele pretende evitar qualquer tipo de desespero.

“Com todo respeito aos nossos concorrentes diretos, nós dependemos das nossas próprias forças para evitarmos o rebaixamento e vamos em busca disso contra o Botafogo e nas demais partidas que nos restam. Se fizermos os pontos que precisamos estaremos livres, independentemente do que acontecer nas demais partidas”, observou Geninho.

O treinador, porém, reconheceu que a série de jogos da Lusa é complicada. “Temos o Botafogo, o Grêmio e o Internacional, que brigam pela Libertadores. Portanto, não vamos ter facilidade. Seria ótimo pontuar no Rio de Janeiro e vamos em busca disso”, destacou o comandante.

Para este compromisso a Portuguesa não poderá contar com o meia Moisés, que vai cumprir suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo na derrota para o Bahia. Heverton será o substituto.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Canindé, em São Paulo (SP), e empataram por 1 a 1. Elkeson abriu o placar para os cariocas, mas Bruno Mineiro garantiu a igualdade no marcador.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X PORTUGUESA-SP

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de novembro de 2012 (Sábado)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Guilherme Camilo Dias (MG)

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Renato, Jadson, Fellype Gabriel (Seedorf), Andrezinho e Lodeiro; Bruno Mendes
Técnico: Oswaldo de Oliveira

PORTUGUESA: Dida, Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Léo Silva, Heverton e Boquita; Ananias e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade