Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Grêmio-SP empata com o Ceará e sobrevive por mais uma rodada

Barueri (SP)

O Grêmio-SP está em situação cada vez mais desesperadora na Série B do Campeonato Brasileira. Nesta terça-feira, a equipe recebeu o Ceará, não saiu do empate sem gols e só não foi rebaixado porque o Bragantino acabou derrotado por 2 a 1 pelo Ipatinga.

A partida teve ritmo lento, com as duas equipes errando e criando pouca oportunidades. No entanto, mesmo atuando fora de casa, se alguém esteve próximo da vitória foi o Vovô. Mesmo sem ser incisivo, o time cearense foi superior e teve as melhores chances do jogo.

Com 27 pontos na lanterna da competição, o time de Barueri só segue vivo matematicamente por conta da derrota do Guaratinguetá por 2 a 1 para o Joinville. Uma vitória do Guará, assim como do Braga, garantiria o rebaixamento da Abelha. Já o Ceará chegou aos 46 pontos na décima posição e atingiu a meta para afastar definitivamente o rebaixamento.

Arte GE.Net
O jogo - A partida começou com muitos erros das duas equipes e poucas emoções. A primeira oportunidade real veio aos 18 minutos e foi dos visitantes, com Vicente recebendo de Mota pela esquerda da área e batendo de canhota para boa defesa de Rafael.

Depois da oportunidade, o Ceará cresceu na partida e passou a rondar a área adversária e tendo oportunidades em chutes de média distância de Éverton, mas a próxima chance de destaque foi do Grêmio-SP, com Thiago Brito batendo forte após cobrança de escanteio aos 33 minutos e mandando a bola pela linha de fundo.

Apesar do momento paulista, o Vovô ainda era melhor: um minuto depois, do chute de Brito, Magno Cruz rolou na área para Mota chutar à direita do gol. Logo depois, aos 36, o centroavante encontrou Magno Alves na entrada da área, que finalizou e exigiu mais uma boa intervenção de Rafael.

A etapa final seguiu como terminou a primeira: superioridade do Ceará em um jogo de poucas emoções. Magno Alves, Éverton e Anderson Sales pecaram na finalização em boas oportunidades até os 15 minutos.

Aos 16, a grande chance do jogo até então: aproveitando falha de Potiguar, Thiago Elias, que entrou no intervalo, dominou livre na área. Cara a cara com Dionantan, o atacante avança e isola a bola. Melhorando no jogo, o Barueri voltou a assustar aos 25 minutos, com Magrão recebendo passe em profundidade na área e chutando cruzado, fazendo a bola passar com perigo à esquerda do gol.

Rafael voltou a aparecer aos 40 minutos, evitando gol em cabeçada de Vitor Hugo após cobrança de escanteio. Dois minutos depois, quem levou perigo foi o Grêmio-SP, com Neto mandando a bola para fora em cruzamento de Anderson Sales após saída ruim de Dionatan.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade