Futebol/Campeonato Brasileiro Série C - ( - Atualizado )

Oeste segura empate com Chapecoense e vai à final da Série C

Itápolis (SP)

A Série C do Campeonato Brasileiro, enfim, conheceu seu último finalista. Depois de entraves judiciais e atrasos, a competição nacional já tem definido os adversários na grande decisão. Jogando em Itápolis, no acanhado estádio dos Amaros, o Oeste-SP empatou por 0 a 0 com a Chapecoense-SC e disputará a taça do torneio contra os cearenses do Icasa, que eliminaram o tradicional Paysandu na última quinta-feira.

Com campanha surpreendente fora de casa, os paulistas já haviam vencido o duelo em Santa Catarina por 1 a 0 e precisavam apenas de um empate para chegar à final. Sem se acomodar com a vantagem, o Rubrão começou a partida em cima do adversário e, em um minutos, quase abriu o placar em chutes do meia Paulo Victor e do atacante Jheimy.

Mais tarde, o centroavante apareceu na área e, de letra, viu a bola passar rente à trave do goleiro Nivaldo. Para o segundo tempo, a Chapecoense voltou em ritmo mais forte para reverter o resultado e quase balançou as redes após o goleiro Jaílson falhar e Jô desperdiçar. O camisa 1 dos paulistas se redimiu minutos depois, quando Neném soltou a bomba e parou em ótima defesa do goleiro.

Nos minutos finais, o time catarinense aumentou a pressão sobre os donos da casa e deixou a torcida rubro-negra apreensiva. O jogo ficou nervoso e o árbitro da partida, Cleriston Clay, passou a distribuir cartões amarelos. Já aos 44 minutos, Neném cruzou na medida e o volante Galiardo buscou o contrapé do goleiro. Jaílson mostrou reflexo, se recuperou no lance e garantiu os paulistas na decisão da Série C.

Com Oeste e Icasa na final, que ao lado de Chapecoense e Paysandu têm acesso garantido à Série B, a terceira divisão nacional se encaminha para o fim após as polêmicas envolvendo Treze-PB e Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Além disso, a competição ficou marcada pela queda de favoritos, como os gigantes Fortaleza e Santa Cruz, e do estruturado Luverdense-MT.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade