Futebol/Campeonato Brasileiro Série C - ( - Atualizado )

Paysandu suporta pressão do Macaé e volta à Série B após cinco anos

Macaé (RJ)

O Papão da Curuzu está de volta para a Série B do Campeonato Brasileiro. O Paysandu sobreviveu a um jogo dramático com o valente Macaé e conseguiu o acesso depois de cinco anos na terceira divisão nacional. Ao suportar a pressão imposta pelos fluminenses, o time saiu derrotado por 3 a 2 do Moacyrzão e se aproveitou da vantagem obtida no primeiro jogo para sacramentar o acesso. Agora, o clube voltará a se preparar para entrar nas semifinais com o objetivo de buscar o título da Série C.

No jogo de ida, o Paysandu contou a força de sua torcida para vencer por 2 a 0 e levar a vantagem de perder por um gol de diferença ao Rio de Janeiro. Após sair perdendo por 2 a 0, o clube conseguiu eletrizar o confronto com o gol de Yago Pikachu e soube administrar o estilo de jogo ofensivo dos adversários para sair com o placar favorável no confronto.

Melhor nos primeiros minutos do confronto, o Paysandu mostrou que não estava intimidado com a presença do torcedor carioca nas arquibancadas e se mandou para o ataque. A alternativa, entretanto, não surtiu efeito para os paraenses e contribuiu para que o Macaé pudesse encontrar espaço para chegar ao primeiro gol.

Aos 21 minutos, Douglas Assis apareceu bem dentro da área e completou o cruzamento da esquerda para colocar o time praiano em vantagem. O resultado parcial deu forças para o Macaé dominar o restante do duelo e ir para os vestiários empolgado. A motivação carioca era tamanha que os paraenses voltaram atordoados para o segundo tempo e não conseguiram conter o avanço adversário.

Enquanto os donos da casa martelavam a defesa adversária e exigiram defesas importantes de João Ricardo, o técnico Lecheva tentava organizar sua equipe e se irritava com os movimentos errados dos defensores. A falha no posicionamento culminou no segundo gol do Macaé. Aos 14 minutos, Jones chegou à frente e finalizou sem chances de defesa para o arqueiro.

O resultado levaria o confronto para os pênaltis e obrigou o Papão a se fechar de vez no meio-campo. Apesar de toda a pressão, os paraenses contaram com a sorte e aproveitaram o atendimento médico a Douglas Assis para encontrar um buraco na defesa e anotar o gol salvador. Aos 24, o lateral Yago Pikachu aproveitou a sobra e concluiu na saída do goleiro para encaminhar o acesso dos visitantes.

O tento não deixou o Macaé abatido. Os fluminenses voltaram a colocar fogo no confronto e anotaram o terceiro com Jones, aos 27. Precisando de mais um gol para se classificar, o time praiano se lançou ao ataque e permitiu a chegada do Paysandu. Quando o placar apontava 30 minutos, o experiente Vanderson dominou a bola após rebatida da defesa e chutou no canto para marcar o heroico gol que recolou a sua equipe na segunda divisão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade