Basquete/NBA - ( - Atualizado )

Apesar de má fase, vice-presidente dos Lakers nega demissão de Brown

Los Angeles (Estados Unidos)

O mau desempenho do Los Angeles Lakers no início desta temporada da National Basketball Association (NBA, em inglês) culminou em rumores de possível demissão do treinador Mike Brown. No entanto, o vice-presidente da franquia californiana, Jim Buss, mostrou confiança no trabalho realizado pelo técnico e negou o interesse em retirá-lo da equipe.

“Desde que somos donos da franquia, nunca havíamos começado uma temporada com três derrotas consecutivas. Estamos em cima disso. Precisamos estar atentos, mas isso não quer dizer que acontecerão mudanças. Simplesmente estamos alertas e vigiando”, frisou em entrevista ao canal ESPN.

Para a atual edição da NBA, os Lakers não mediram esforços para contratar o pivô Dwight Howard junto ao Orlando Magic e ainda acertaram com o experiente armador canadense Steve Nash. Durante a pré-temporada, o time comandado por Mike Brown acumulou oito derrotas consecutivas e começou o torneio mais importante do basquete norte-americano com mais três fracassos.

A franquia californiana parecia ter reagido na última segunda-feira, quando superou o Detroit Pistons por 108 a 79, mas foi derrotada pelo Utah Jazz nesta quarta-feira e ficou na última colocação da Conferência Oeste, com apenas 20% de aproveitamento. Contundo, Buss segue apostando no trabalho feito pelo técnico dos Lakers.

“Não tenho nenhum problema com Brown. Trabalha arduamente e sabe como fazer esta fase passar. Assim, ou o sistema não funciona ou algo acontece. Ou pode acontecer como com o triângulo, que é complicado de assimilar e compreender. Não sei tanto como jogadores e treinadores, por isso o que me resta é ser paciente”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade