Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Apresentado no Chelsea, Rafa Benítez afirma: "Preocupação é vencer"

Londres (Inglaterra)

Na tarde desta quinta-feira, em Stamford Bridge, Rafael Benítez foi anunciado como o novo técnico do Chelsea. Pressionado pela torcida, carece de bons resultados recentes, o treinador espanhol comemorou o acerto com o clube inglês e afirmou que a sua maior preocupação é “vencer”. Benítez chega para substituir o italiano Roberto Di Matteo, demitido nesta quarta-feira.

“Estou preocupado em vencer. O mais importante para mim é que estou aqui porque quis. O Chelsea é um grande clube, que me permitirá competir por troféus todos os anos. Sempre disse que estava esperando pela oportunidade certa, que chegou agora. Não vou falar sobre o tem curto de contrato. Vamos tentar vencer para ver o que acontece depois”, disse Benítez em coletiva.

Benítez, que é visto com desconfiança pelos torcedores dos Blues, já adotou um discurso apaziguador na sua apresentação. “Tenho uma coisa em comum com os torcedores: quero vencer. Espero que eles fiquem felizes com a minha mentalidade vencedora e que saibam que eu farei de tudo para vencer”, pediu o técnico, que tem grande passagem pelo rival Liverpool, entre 2004 e 2010.

Sem vencer há quatro rodadas no Campeonato Inglês, onde já viu o rival Manchester United disparar na liderança, o Chelsea tem um clássico neste domingo, às 14 horas (de Brasília), contra o Manchester City, em Londres. Mesmo há poucas horas no seu novo clube, Benítez já treinou o time, em Cobham, fazendo os primeiros ajustes para o confronto deste domingo.

Divulgação/Chelsea FC
O técnico Rafa Benítez mal chegou a Stamford Bridge e já comandou o seu primeiro treino no Chelsea
A principal mudança é o retorno de Fernando Torres à escalação inicial. O atacante foi barrado por Di Matteo na derrota para a Juventus, por 3 a 0, pela Liga dos Campeões da Europa, neste meio de semana. O espanhol, inclusive, teria sido um dos principais responsáveis pela demissão de Di Matteo. No entanto, a história de Torres promete ser diferente com Benítez.

Os dois trabalharam juntos no Liverpool entre 2007 e 2010, e terão a chance de, juntos, tentarem se reerguer em suas desgastadas carreiras. Rafa Benítez, após ser demitido dos Vermelhos, em 2010, passou pela Internazionale, mas ficou pouco tempo depois de irregulares resultados. Já Torres tem números pouco expressivos em Stamford Bridge: 84 jogos e apenas 19 gols.

De acordo com o novo comandante do Chelsea, a primeira conversa com o centroavante foi positiva: “Eu estava falando com ele, assim como com os outros jogadores, e a sua atitude foi muito boa”, revelou Benítez, que também deverá fazer com que o zagueiro John Terry volte a ser capitão do time, após perder espaço com Di Matteo e sofrer lesão nas últimas rodadas do Inglês.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade