Futebol/Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Bayern só empata com o Valencia com um a mais, mas se classifica

Valencia (Espanha)

Precisando de um empate contra o já classificado Valencia, o Bayern de Munique contou com um jogador a mais desde os 30 minutos do primeiro tempo, mas suou para conseguir um empate por 1 a 1 fora de casa e garantir a passagem à segunda fase da Liga dos Campeões.

O Valencia ficou com um a menos logo aos 30 minutos por conta de um violento carrinho de Barragán sobre Alaba. O lateral já estava amarelado, mas levou o cartão direto pelo lance imprudente.

Com dez jogadores, a equipe espanhola tinha menos posse de bola, mas mesmo assim foi muito bem na marcação e conseguiu travar os ataques bávaros até abrir o placar os 32 minutos, quando Feghouli arriscou de fora da área e contou com desvio do zagueiro brasileiro Dante para matar o goleiro Neuer.

AFP
Muller garantiu a classificação do Bayern
Após sofrer o gol, o Bayern de Munique foi pra cima e conseguiu o empate aos 37, com Lahm cruzando da direita e Mario Gomez ajeitando para Muller completar ao gol. Depois disso, a equipe alemã não conseguiu chegar a virada e tirar a invencibilidade do Valencia em casa nesta temporada.

Assim, as equipes chegam aos dez pontos e decidem o Grupo E. As duas se classificam à segunda fase da Liga dos Campeões, já que o Bate foi derrotado por 2 a 0 pelo Lille e parou nos seis pontos na terceira posição. O Lille aparece na lanterna com três pontos e já não pode tirar a vaga na Liga Europa do Bate. A última rodada da fase de grupos só decidirá o líder do grupo.

O jogo - O Bayern de Munique começou melhor na partida, mas quem deu o primeiro susto foi o Valencia. Após cobrança de falta de Tino Costa aos 14 minutos, Ricardo Costa acertou uma bicicleta e balançou as redes, mas o jogo estava parado por falta de ataque de Rami.

Cinco minutos depois, foi a vez dos bávaros se aproximarem do primeiro gol da partida. Kroos cobrou escanteio na área e Dante cabeceou forte para grande defesa de Guaita. Aos 32, quem apareceu foi Neuer para impedir gol de Feghouli em chute de primeira após sobra de bola na área.

Dois minutos após a chance de Feghouli, justamente quando o Valencia crescia na partida, Barragán cometeu falta duríssima sobre Alaba. O lateral já tinha um cartão amarelo, mas nem fez diferença: foi expulso com um cartão vermelho direto.

O Bayern exigiu mais uma boa defesa de Guaita com uma bomba de Pizarro da entrada da área aos 39 minutos, mas, após uma pressão inicial dos bávaros, o Valencia se ajustou à falta de um jogador e terminou bem o primeiro tempo, tendo boas trocas de passe no campo ofensivo.

AFP
Barragan cometeu falta dura sobre Alaba e deixou o Valencia com um a menos ainda no primeiro tempo
Bem montado, o time espanhol retornou do intervalo sem sentir a falta de Barragán. A equipe não só impedia os avanços bávaros como teve a melhor chance do jogo até então aos 19 minutos, quando Soldado recebeu grande passe em profundidade de Parejo e, cara a cara com Neuer, mandou para fora.

O técnico Jupp Heynckes promoveu a entrada do meia suíço Shaqiri e do atacante croata Mandzukic nos lugares do alemão Kroos e do peruano Pizarro e o Bayern melhorou em campo. A melhor chance da equipe veio justamente em cruzamento do primeiro para o segundo cabecear na trave esquerda de Guaita aos 26 minutos.

Aos 32 minutos, Feghouli dominou na entrada da área, ajeitou para a canhota e bateu ao gol. A bola desviou em Dante e matou o goleiro Neuer, deixando o Valencia na frente. No entanto, o Bayern de Munique empatou cinco minutos depois, com Lahm cruzando pela direita e Mario Gomez ajeitando para Muller empatar o jogo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade