Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Magno Alves falta a treino do Ceará, mas não corre risco de punição

Fortaleza (CE)

No primeiro treino após o retorno de Barueri, onde empatou sem gols com o Grêmio-SP, o Ceará não contou com a presença do atacante Magno Alves, que teria sido liberado pela comissão técnica para ir ao dentista. Alegando liberação, o clube cearense garantiu que o jogador não é mais um da lista de dispensas preparada para as próximas semanas, apesar do mau momento que vive aos 36 anos.

Repatriado a pedido do então técnico PC Gusmão para ser peça chave na arrancada da equipe rumo ao acesso, o experiente atacante atuou em dez partidas e marcou apenas um gol, de pênalti. Criticado pela torcida, Magno Alves recebeu nova proposta do mundo árabe, mas quer seguir no grupo para 2013.

O contrato do jogador é válido até o final da próxima temporada, mas sua permanência depende do aval do próximo treinador, ainda não anunciado pela diretoria. Com Anderson Silva no comando de forma interina, o jogador deve receber oportunidades nas três rodadas finais, inclusive neste sábado, quando a equipe recebe o CRB no estádio Presidente Vargas.

Dando sequência à preparação para cumprir tabela na Série B, competição em que ocupa o 10º lugar sem chances de acesso ou rebaixamento, o time realizou treinos técnicos e táticos nesta quinta-feira e contou com os retornos de Apodi e Robert, em fase final de tratamento de lesão, mas já liberados pelo departamento médico.

Ricardinho é o nome para assumir o Ceará – Com a mesma idade de Magno Alves, o ex-meio-campista Ricardinho, que estreou na função de técnico nesta edição da Série B, pelo Paraná, é o nome favorito da diretoria do Ceará para 2013. Outros treinadores, como Nedo Xavier e Zé Teodoro, seguem em pauta e o anúncio deve ser feito até o final do Brasileirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade