Futebol/Liga dos Campeões da África - ( - Atualizado )

Al Ahly surpreende Tite, ergue taça e entra no caminho do Timão

Rades (Tunísia)

Depois de empatar por 1 a 1 em casa, o Al Ahly foi à Tunísia e surpreendeu o Espérance na decisão da Liga dos Campeões da África. Com uma vitória por 2 a 1, a equipe egípcia conquistou o troféu continental e ficou a uma vitória de encarar o Corinthians nas semifinais do Mundial.

Campeão africano em 2011, o Espérance foi apontado por Tite como favorito ao bi. No entanto, sem os suspensos Afful e Derbali, não conseguiu nem segurar o empate sem gols que lhe asseguraria mais uma taça.

A esperança começou a ruir para os tunisianos aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Mohamed Nagy Ismail-Afash abriu o placar para o Al Ahly. Waleed Soliman-Saed Ebid, aos 17 da etapa final, matou o confronto no Rades Stadium. Os donos da casa precisavam de três gols para chegar ao título e só conseguiram um, com Ndjeng-Joseph Yannick, aos 41.

AFP
Mohamed Nagy Ismail-Afash cala o Rades Stadium e abre caminho para o sétimo título africano do Al Ahly
Os egípcios vão estrear no Mundial do Japão no dia 9 de dezembro, contra o vencedor do confronto entre o Auckland City, da Nova Zelândia, e o campeão japonês. Se triunfarem, vão medir forças com o Timão, três dias depois, em Toyota.

Foi o sétimo título continental do Al Ahly, que se juntou a Auckland, Corinthians, Chelsea, Ulsan Hyundai e Monterrey na lista de classificados à competição de dezembro. Falta apenas o representante local, a ser definido no acirrado Campeonato Japonês.

O líder é o Sanffrece Hiroshima, que desperdiçou neste sábado a chance de pôr a mão na taça, perdendo por 2 a 0 para o Urawa Reds. A equipe só manteve a ponta, com 58 pontos, porque o Vegalta Sendai empatou por 3 a 3 com o Kashima Antlers e atingiu apenas 57. A duas rodadas do final da disputa, além desses dois times, o Urawa aparece com chances matemáticas, com 52.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade