Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Gobbi se irrita para reforçar que não cede Tite à Seleção Brasileira

Helder Júnior São Paulo (SP)

Tite ganhou status de intocável no Corinthians. A ponto de Mário Gobbi, presidente do clube, exaltar-se bastante ao enfatizar que não cederá o treinador para a Seleção Brasileira, agora sem o comando do demitido Mano Menezes.

“Pela milésima vez: não há risco de perdermos o Tite. Existe um contrato em vigor até dezembro de 2013. Parem de manter vivo algo que é morto. O Tite vai ficar no Corinthians. Tenho dito. Está encerrado. O resto é estelionato”, bradou Gobbi, enfezado.

Na sexta-feira, o diretor de futebol Roberto de Andrade já havia garantido a permanência de Tite no Corinthians. O treinador nem sequer concedeu a entrevista coletiva que estava prevista para o dia, para ser preservado de indagações sobre a possibilidade de suceder Mano Menezes.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Tite continuará no Corinthians segundo Mário Gobbi
Mano era o comandante do Corinthians antes de assumir a Seleção Brasileira. Na ocasião, o então presidente Andrés Sanchez não dificultou a saída do técnico para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Desta vez, até os jogadores fazem coro pela manutenção do treinador que conduziu o Corinthians ao título da Copa Libertadores da América. “A gente tem um carinho muito especial pelo Tite”, disse o atacante Emerson, antes de fazer uma ressalva. “Mas não cabe aos atletas dizerem nada sobre isso.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade