Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Tite valoriza clássicos e avisa que Mundial não serve como desculpa

Helder Júnior São Paulo (SP)

O Corinthians disputará dois clássicos, contra Santos e São Paulo, logo antes de viajar ao Japão para participar do Mundial de Clubes. Para o técnico Tite, a preocupação com o torneio internacional não serve como justificativa para um desempenho ruim diante dos rivais.

“Seria muito fácil eu dizer que estamos pensando só no Mundial e deixar uma desculpa para uma eventual derrota. Mas não faço isso. Clássicos são, sim, um campeonato à parte. O nível de enfrentamento é alto”, disse.

Restam quatro jogos para Tite esquecer definitivamente o Campeonato Brasileiro. O Corinthians receberá o Coritiba neste sábado e, depois, jogará contra Internacional (em 18 de novembro, no Beira-Rio), Santos (em 25 de novembro, no Pacaembu) e São Paulo (em 2 de dezembro, no Morumbi).

Djalma Vassão/Gazeta Press
Preparando o Corinthians para o Mundial, Tite vê os clássicos do Brasileirão como um "campeonato à parte"
“Todo mundo vai querer ganhar da gente, claro. O Coritiba tem a quarta melhor campanha do segundo turno, empatado conosco, e fará um jogo de alto nível. O Inter, que perdeu a Copa do Brasil para o Corinthians quando eu estava lá, também. O Santos tem toda a história dos jogos da última Libertadores. O São Paulo vive um momento extraordinário”, respeitou Tite.

Apesar de reconhecer a existência de um “campeonato à parte” nos clássicos, o técnico também quer aproveitar esses jogos para preparar a sua equipe para o Mundial. “Pretendo manter o nível de competitividade alto, com concentração, bom desempenho e vitórias. É bom que o técnico fique com uma dor de cabeça enorme para escalar o time, com todos os atletas em boa forma. Aí, mesmo errando, vou acertar”, concluiu Tite, com um sorriso no rosto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade