Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Wellington Paulista afirma que não sabe por que deixou time titular

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Artilheiro do Cruzeiro na temporada, com 27 gols, e do time no Campeonato Brasileiro, com nove tentos anotados, o atacante Wellington Paulista volta a ficar à disposição do técnico Celso Roth, após cumprir suspensão na vitória de 2 a 0 sobre o Fluminense, no último domingo. O atacante aguarda agora uma chance de voltar a atuar como titular da Raposa.

“É o que eu quero. Se a oportunidade vier contra o Coritiba, vou procurar ajudar o Cruzeiro. Eu sempre fui confiante. Gosto do que eu faço, amo jogar futebol. Se eu entrar contra o Coritiba, vou procurar entrar em campo e corresponder à altura, que é o mais importante para mim”, declarou.

Questionado sobre os motivos para deixar o time, mesmo tendo números positivos, Wellington Paulista afirmou que não entendeu a decisão de Roth, mas que respeita a opinião do treinador. “Não quis perguntar para ele até porque respeito a posição. Ele é o treinador, ele que escolhe, ele que comanda. Só fiquei chateado porque eu estava fazendo muitos gols quando saí do time”, disse.

O avante cruzeirense reclama da falta de sequência e argumenta que é difícil entrar na etapa complementar, com pouco tempo para mostrar serviço. “Logicamente que em alguns jogos que entrei consegui ajudar. Mas é complicado quando você entra no segundo tempo. Está todo mundo a 300 por hora, você vai entrar a 10, 20. Por mais que você queira entrar a 100 por hora, você não consegue porque os jogadores já estão muito bem aquecidos”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade