Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Apesar de derrota, treinador interino elogia garotos do Figueirense

Santos (SP)

O resultado negativo diante do Santos pouco importou para o Figueirense neste sábado. Já rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o time testou jogadores da base, os quais, apesar do revés por 2 a 0, tiveram atuação elogiada na Vila Belmiro.

Treinador interino, no comando até Adilson Batista assumi-lo, Fernando Gil destacou o bom desempenho de alguns dos jovens que atuaram pela primeira vez entre os profissionais, como foi o caso do goleiro Tiago Volpi, de 22 anos.

"Não foi surpresa, o Volpi vem trabalhando firme, esperando oportunidade. Os demais atletas também, a gente conhece da base. Foi importante essa resposta deles para a sequência de jogos e o ano que vem também", analisou, não sem admitir que faltou "um pouquinho de ofensividade" à equipe.

Assim como na Vila Belmiro, os dois últimos compromissos do Figueirense na competição terão alguns atletas revelados pelo próprio clube. O próximo será no domingo que vem, contra o Grêmio, no Orlando Scarpelli.

"Podemos ter novidades para a torcida e o próprio Adilson, mas, a princípio, essa é a base dos próximos jogos", comentou Fernando Gil, referindo-se ainda à última rodada, quando o adversário da equipe catarinense será o Coritiba, no Couto Pereira.

O resultado deste sábado manteve o time com 30 pontos ganhos, na vice-lanterna do Brasileiro. Em 2013, o treinador será Adilson Batista, campeão catarinense pelo próprio Figueirense, em 2006.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade