Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Após 14 jogos, Márcio Goiano é demitido do Figueirense

Florianopolis (SC)

Depois de apenas 14 partidas a frente do Figueirense, o técnico Márcio Goiano foi demitido do cargo nesta segunda-feira. O treinador chegou ao clube no dia 28 de agosto e ficaria até o final do Campeonato Catarinense de 2013, mas a diretoria resolveu romper antes o contrato. O comandantes dos juniores, Fernando Gil, assumirá o time até o fim do Brasileirão.

“Já estamos planejando o ano que vem, um novo trabalho e também com um novo treinador. Já contratamos um supervisor de futebol, que deve ser apresentado nesta terça-feira”, afirmou o vice-presidente de futebol do clube, Vanderlei Silva.

Durante as 14 partidas no comando do Figueira, Márcio Goiano não conseguiu repetir o bom desempenho de sua primeira passagem, em 2010, quando levou o time catarinense à Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda oportunidade a frente do clube, o técnico teve um aproveitamento de 35,7% dos jogos, com quatro vitórias, três empates e sete derrotas.

Márcio Goiano foi o quarto treinador do Figueirense neste ano. Branco, Argel e Hélio dos Anjos foram os outros comandantes e nenhum deles obteve algum sucesso.

Com 29 pontos em 34 jogos, o Figueirense ocupa a vice lanterna do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo do Alvinegro na competição é neste domingo, às 19h30, contra o Sport, no Orlando Scarpelli, em partida válida pela 35ª rodada da Série A.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade