Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Torcedor se ajoelha para Julio Cesar após rebaixamento do Figueira

Florianopolis (SC)

Uma cena inusitada interrompeu as declarações do atacante Julio Cesar, do Figueirense, após a confirmação do rebaixamento da equipe para a Série B do Campeonato Brasileiro, neste domingo. Logo que o apito final do empate diante do Sport foi trilado, determinando o fim das chances matemáticas de salvação, um torcedor invadiu o gramado e foi em direção ao atacante para pedir a camisa do jogo de presente.

“Eu amo você, você é o melhor”, dizia o extasiado torcedor, que não pôde ser contido pelo exíguo policiamento do estádio Orlando Scarpelli. Sem qualquer ato de violência, o rapaz ganhou a camisa do atacante do Figueirense, que chorou emocionado não só pelo rebaixamento para a Série B, como também pela demonstração de carinho que contrastou com o tratamento oferecido ao jogador durante toda a campanha.

“Eu estou treinando, jogando, mau ou bem, mas jogando pelo Figueirense. E fico feliz por quem me apoia. Vou continuar até o fim do meu contrato. Estou emocionado porque ainda existem pessoas que reconhecem nosso trabalho. Eu sei que não estou bem no campeonato, mas estou tentando dar alegrias a quem me estimula, a quem me incentiva. Nem sempre dá”, resumiu o atacante, destaque do Figueira na surpreende campanha de 2011, mas uma das decepções nesta temporada.

Consciente de que “as coisas não estão dando certo” para o Figueirense, Julio Cesar tem contrato até o final de 2013, tendo renovado o vínculo em janeiro por conta do forte assédio de concorrentes do Figueirense na Série A. Nas próximas semanas, o técnico Adílson Batista analisará o elenco para decidir quem permanece no ano que vem e o jogador não tem o futuro em risco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade