Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Nem esquece luxação e fala até em encerrar carreira no Fluminense

Presidente Prudente (SP)

Forçado a deixar o gramado no início do segundo tempo do jogo contra o Palmeiras depois de cair de mau jeito no gramado do Prudentão, Wellington Nem mal se importava com a luxação diagnosticada no cotovelo direito após o apito final.

"Vou ficar dez dias parado", disse, sem preocupação, em entrevista ao Sportv. Naquele momento, o que não saía da sua cabeça era a conquista do título brasileiro, garantida com a vitória por 3 a 2 sobre o Palmeiras, em Presidente Prudente.

A felicidade era tanta que o atacante de apenas 20 anos chegou a falar em continuar no clube até se aposentar. “É um título muito importante, que sempre busquei. Já tive proposta para ir embora e fiquei. Se o Fluminense quiser ficar comigo, eu fico até o fim da carreira”, comentou, sorrindo.

A luxação no cotovelo ocorreu no começo do segundo tempo, em queda na linha de fundo. Impossibilitado de continuar em campo, Nem foi substituído aos 13 minutos por Marcos Júnior. Coincidência ou não, foi depois disso que o Palmeiras fez seus dois gols e chegou ao empate. No fim, Fred marcou o terceiro e decidiu.

"Só vi que tinha me machucado depois, já caído, quando estava todo torto. Mas não foi nada", minimizou o atacante, ainda no gramado do Prudentão, à TV Bandeirantes.

Devido à luxação no cotovelo, apesar de Nem dizer que ficará aproximadamente dez dias fora de combate, é possível que, como o título foi assegurado com antecedência, ele só volte a campo na última rodada da competição, quando o Fluminense faz clássico contra o Vasco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade