Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Abel elogia ofensividade do Flu e abre portas para Ronaldinho

Rio de Janeiro (RJ)

Com uma campanha que pode ser histórica no Campeonato Brasileiro, o Fluminense conquistou o título antecipado neste domingo, ao vencer o Palmeiras por 3 a 2. Para o treinador Abel Braga, a grande virtude do time é a força do ataque.

“É quase um ‘time de índio’, com Rafael Sobis, Fred, Thiago Neves e Wellington Nem. O Jean jogando quase como um meia. E nós temos um contra-ataque mortal. Pelo lado direito com o Nem, pelo lado esquerdo com o Carlinhos”, disse Abelão, em entrevista ao SporTV.

Lembrando-se das críticas que recebeu por “viver perigosamente”, o treinador defendeu seu estilo de armar a equipe. “Eu começo o jogo para ganhar, com três atacantes e um meio ofensivo. Se em determinado momento meus atacantes estão jogando na linha de volantes, eu coloco outro volante. Vou defender com que sabe, ué”, ironizou.

Contra o Palmeiras, Braga teve dúvidas sobre como o amigo Gilson Kleina se armaria, mas analisa, agora, que soube aproveitar o fato de que o Palmeiras entrou com dois centroavantes.

“Eu não sabia como o Gilson ia entrar. Ele entrou com o Obina e o Barcos enfiados. E eu pensei, ‘vamos ficar no mano a mano, porque lá na frente um jogador meu vai sobrar’. E o que aconteceu? Meus laterais jogaram livres. Mas os zagueiros precisam de confiança para fazer isso”, comentou.

E o Fluminense dá indícios de que irá manter a postura ofensiva para 2013. Abel Braga sinalizou a chance de o clube buscar a contratação de Ronaldinho Gaúcho, atualmente no Atlético-MG. "Não posso dizer muita coisa sobre isso, mas se os representantes do nosso patrocinador tiverem que buscar esse jogador, eles vão fazer isso", disse o treinador, que também elogiou Cuca, comandante do Galo, por escalar o ex-melhor do mundo mais centralizado durante o Brasileiro-2012.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade