Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Alonso segue de olho na Red Bull e destaca pontos fortes da Ferrari

Austin (Estados Unidos)

Sebastian Vettel novamente mostrou por que é o atual líder do Mundial de Fórmula 1 e liderou com sobras as primeiras sessões de treinos livres para o GP dos Estados Unidos. Porém, o ritmo do alemão da Red Bull não chega a deixar o vice-líder Fernando Alonso, da Ferrari, surpreso.

Terceiro colocado nesta sexta-feira, em Austin, o espanhol acredita que Vettel e seu companheiro australiano Mark Webber vão ficar com as duas primeiras posições no grid de largada. Entretanto, Alonso ainda não se mostra desesperado.

“É mais ou menos o que esperávamos. Muitos se surpreenderam quando falei que lutávamos contra [Adrian] Newey (engenheiro da RBR) e isso foi mostrado mais uma vez: dobradinha da Red Bull na primeira sessão [na verdade, Vettel liderou o treino da manhã com Lewis Hamilton em segundo], dobradinha da Red Bull na segunda sessão e, seguramente, uma dobradinha na classificação”, frisou o asturiano da Ferrari.

Apesar disso, o bicampeão mundial da F-1 crê que a escuderia italiana tem pontos fortes em corridas e precisa utilizá-los a seu favor no domingo. “De qualquer maneira, seguimos convencidos de que, nos domingos, podemos descontar pontos deles, como fizemos em Abu Dhabi, quando descontamos três pontos de Sebastian. Portanto, vamos focar na corrida e lutar pelo campeonato com nossas armas. Não temos o carro mais rápido, mas temos a confiabilidade, a união, a força da equipe e a capacidade de aproveitar as oportunidades”, afirmou. “É importante fazer 11 pontos a mais que eles nessas duas provas finais e estamos convencidos que podemos conseguir isso”, assegurou.

Mesmo com os contratempos, Alonso se disse satisfeito com o balanço final do primeiro dia de atividades no Texas, mas ainda prevê dificuldades com o F2012, carro da Ferrari. “Acho que o primeiro dia correu bem. Estou feliz, mas estamos introduzindo as coisas passo a passo. Largar em terceiro seria ótimo, mas esse resultado já aconteceu em diversas outras sextas-feiras e, quando chega nos sábados, as McLarens e as Lotus demonstram todo o seu potencial”, analisou.

AFP
Fernando Alonso não ficou impressionado com o ritmo da Red Bull e acredita que pode ganhar o título

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade