Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Barrichello nega conversas com a Caterham para voltar à F-1

São Paulo (SP)

O piloto brasileiro Rubens Barrichello negou que tenha aberto negociações com a equipe Caterham para retornar à Fórmula 1 em 2013. Rumores sobre conversas entre as duas partes surgiram durante o fim de semana no paddock de Interlagos, circuito que recebe o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.

A corrida deste domingo é a primeira da Fórmula 1 em São Paulo em 20 anos sem a presença de Barrichello no grid. O veterano foi dispensado pela Williams ao fim da temporada passada da categoria, perdendo sua vaga para o compatriota Bruno Senna.

"Não teve nada, é tudo rumor. É uma coisa mutio comum hoje na Fórmula 1 a procura de informação que às vezes não existe", disse o brasileiro ao chegar a Interlagos neste domingo.

Após fracassar em sua tentativa de permanecer na F-1, Barrichello correu na Fórmula Indy em 2012 e ficou com a 12º colocação do Mundial já em sua primeira temporada da categoria. Disputando também a parte final do campeonato da Stock Car, o brasileiro não definiu seu futuro no automobilismo.

"Neste momento, é super prejudicial para mim falar em Fórmula 1 porque vira uma coisa muito polêmica. Meu futuro a Deus pertence", afirmou Barrichello, que tem como melhor resultado em Interlagos a terceira colocação do GP de 2004, quando andava pela Ferrari.

AFP
Rubens Barrichello andou na Fórmula Indy em 2012 e negou rumores de volta à F-1

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade