Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Brawn exalta título da Red Bull, mas diz que alegria irá durar pouco

Berlim (Alemanha)

Para o chefe da Mercedes, Ross Brawn, a alegria da Red Bull por ter conquistado seu terceiro título consecutivo na Fórmula 1 irá durar pouco. Experiente em conduzir equipes vencedoras, pois esteve na Ferrari quando a escuderia italiana estava no auge, o dirigente lembrou que a alegria será trocada pela preocupação com a próxima temporada.

“Ganhar uma corrida é um grande desafio, vencer corridas o suficiente para vencer um campeonato é muito especial e fazer isso anos consecutivos é ainda mais especial”, exaltou Brawn.

Depois de muitas incertezas e o início de temporada mais equilibrada dos últimos tempos, o ano de 2012 terminou assim como os dois anteriores, com o alemão Sebastian Vettel campeão.

AFP
Alemão Sebastian Vettel se juntou ao compatriota Michael Schumacher como tricampeão na Fórmula 1

“Mas eu sei que é um prazer de curta duração e que eles já estão pensando no próximo ano”, ressaltou o dirigente, que passou por isso nos anos de domínio da Ferrari com Michael Schumacher na Fórmula 1. “No nosso caso foi fantástico, mas sempre há pressão para o ano seguinte, para se repetir o feito”, completou.

Brawn afirmou que a alegria em vencer logo é tomada pela insegurança de conseguir o título novamente na temporada seguinte. “Há uma sensação de euforia e realização, mas um medo pelo fracasso no o ano seguinte. Você tem aquela mistura de emoções”, acrescentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade