Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Bruno Senna critica grama artificial do Circuito das Américas

Austin (Estados Unidos)

Recebendo pela primeira vez uma etapa do calendário da Fórmula 1, o Circuito das Américas, em Austin (Estados Unidos), tem sido alvo de algumas críticas dos pilotos da categoria. Após o ferrarista Felipe Massa analisar a aderência do traçado norte-americano, desta vez quem destacou alguns aspectos negativos da pista foi Bruno Senna, da Williams.

“A pista evoluiu bastante, mas é complicado a grama artificial, porque o pneu suja demais e não conseguimos limpar. O carro está muito competitivo, vamos para a corrida amanhã com esperança. Precisamos manter o carro intacto na primeira curva, pois lá tem muitas batidas”, explicou.

Apesar de enaltecer o desempenho do bólido da escuderia inglesa, o piloto brasileiro não chegou ao Q3 no treino classificatório deste sábado e largará na 11º colocação, com a marca de 1min37s604. Seu companheiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado, ficou na décima colocação, com 1min37s842.

A prova no Circuito das Américas é a penúltima etapa da Fórmula 1 nesta temporada e tem início programado para às 17 horas (de Brasília) deste domingo. A etapa derradeira deste ano ocorre em Interlagos (São Paulo), no próximo final de semana.

AFP
Bruno Senna é o 16º colocado no Mundial de Pilotos desta temporada, com 30 pontos

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade