Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Diretor da McLaren se despede de Hamilton: “Vamos sentir falta”

Woking (Inglaterra)

A despedida do britânico Lewis Hamilton da McLaren já começou. O diretor técnico Paddy Lowe não esperou a última corrida do piloto, rasgou elogios e afirmou que sentirá saudades do inglês, correrá a próxima temporada pela Mercedes.

Hamilton está na McLaren desde 11 anos e foi preparado pela equipe para entrar na maior categoria do automobilismo e vencer o campeonato mundial da Fórmula 1 em 2008. Foram 21 vitórias com a escuderia de Woking, a última dela em Austin, nos Estados Unidos.

“Ele é um piloto fantástico e um cara fantástico, e nós fizemos muita história juntos. Pessoalmente, tenho trabalhado com ele desde 2007, tempo em que se passaram seis anos de corridas fantásticas e grandes sucessos, e alguns momentos difíceis também”, exaltou Lowe. “Nós todos vamos sentir falta dele”, completou.

AFP
Hamilton se despede da equipe que o projetou na Fórmula 1, mas deixará saudades

O dirigente desejou sorte ao piloto em sua nova empreitada, cujo objetivo será colocar a Mercedes como uma equipe mais competitiva na Fórmula 1. “Nós desejamos tudo de melhor no futuro e nós vamos olhar para frente, depois do Brasil”.

Os olhos da McLaren se voltam para o mexicano Sergio Pérez, contratado para substituir o britânico. “As coisas mudam no mundo, é a vida, mas estamos ansiosos para uma boa temporada no ano seguinte, quando Sergio chega como grande promessa”, projetou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade