Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Esperando por ‘show’ em Austin, Massa alerta para pouca aderência

Austin (Estados Unidos)

Após conseguir um sexto lugar nos treinos livres desta sexta-feira para o GP dos Estados Unidos, o brasileiro Felipe Masse se mostrou preocupado com a aderência dos pneus no recém-inaugurado Circuito das Américas. Para o piloto da Ferrari, o tipo de pneu levado pela fabricante terá papel decisivo na corrida de domingo.

A italiana Pirelli levou para Austin, no Texas, pneus médios e duros e causou dor de cabeça às equipes. Segundo Massa, a tarefa para o treino deste sábado será descobrir uma maneira de aquecê-los o mais rápido possível. “Será importante descobrir como deixá-los na temperatura correta, especialmente no que diz respeito à classificação”, analisou.

Apesar da sexta colocação conquistada na sexta, o brasileiro se mostrou surpreso com as dificuldades causadas pela baixa aderência na pista norte-americana. “Pela manhã, a pista estava muito suja e escorregadia. Não me lembro de ter guiado em uma superfície com tão pouca aderência. Depois a situação melhorou e começamos a ganhar mais confiança e encontrar as linhas ideais”, destacou.

Se o domingo já teria suas atrações pela possibilidade de título antecipado do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, Felipe Massa acredita que o traçado do circuito em Austin pode empolgar ainda mais os amantes do esporte. “Gostei muito da pista. É divertido pilotar e acho que veremos um grande show”, afirmou.

AFP
Com um sexto lugar nos treinos de sexta-feira, Massa quer resolver problemas com pneus neste sábado

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade