Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Ferrari diz que não pode depender de problemas de Vettel para vencer

Abu Dhabi (Emirados Árabes)

O chefe da Ferrari na Fórmula 1, o italiano Stefano Domenicali, quer ver melhoras no carro da equipe para o Grande Prêmio dos Estados Unidos para que o espanhol Fernando Alonso não precise depender de erros da Red Bull para vencer. Segundo o dirigente, o time não pode esperar que Sebastian Vettel volte a ter problemas nas duas últimas etapas do Mundial.

Em Abu Dhabi, o alemão da Red Bull foi obrigado a largar dos boxes por desobedecer o regulamento técnico da classificação. Mesmo saindo da 24ª posição, ele fez grande corrida e acabou em terceiro, logo atrás de Alonso. A prova foi vencida pelo finlandês Kimi Raikkonen.

“Será uma semana importante para analisarmos o que fizemos, mas não podemos depender de nada. E nossos engenheiros farão isso, precisamos melhorar o carro. Precisamos considerar todas as condições e ser perfeitos”, disse Domenicali após a corrida deste domingo.

O resultado da prova dos Emirados Árabes Unidos deixa Vettel com dez pontos de vantagem sobre Alonso na disputa pelo Mundial, a duas corridas do fim da temporada. A próxima prova da Fórmula 1 é o Grande Prêmio dos Estados Unidos, no dia 18 de novembro, em Austin.

Segundo Domenicali, a Ferrari pode se inspirar na rival McLaren para buscar uma rápida recuperação no Mundial.

“Quero voltar a atenção de vocês ao que a McLaren conseguiu aqui. Nas duas últimas corridas, eles pareciam não ter como fazer nada e mesmo sem atualizações conseguiram um desempenho incrível”, avaliou.

Em Abu Dhabi, o time britânico garantiu a pole position com Lewis Hamilton, que liderava a prova com folga, mas viu seu carro quebrar. Já Jenson Button foi o quarto piloto a receber a bandeira quadriculada.

AFP
Fernando Alonso foi o segundo em Abu Dhabi, mas segue atrás de Vettel na briga pelo Mundial

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade