Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Ferrari nega intenção de alterar resultado e esclarece pedido à FIA

Maranello (Itália)

A temporada 2012 da Fórmula 1 terminou com o campeonato vencido pelo alemão Sebastian Vettel, mas a prova parece ter continuado com rumores na internet que apontavam uma irregularidade cometida pelo piloto da Red Bull, o que colocava em dúvida seu título. Os boatos ganharam força com o questionamento da Ferrari à Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Nesta quinta-feira, a FIA respondeu a questão legitimando a vitória de Vettel e a Ferrari não demorou a se pronunciar sobre o caso, negando a intenção de alterar o resultado da corrida com a esperança que o título passasse para o espanhol Fernando Alonso.

Segundo a escuderia de Maranello, a atitude foi fruto de diversos questionamentos recebidos pela equipe, que só encaminhou o pedido, para que a entidade máxima da categoria esclarecesse o caso, sem deixar dúvidas sobre a vitória de Vettel.

AFP
FIA esclareceu as dúvidas levantadas e garantiu a legitimidade do título de Vettel

“O pedido de esclarecimento à FIA em relação à ultrapassagem de Vettel em Vergne, surgiu da necessidade de esclarecer a circunstância da manobra, que surgiu na internet somente alguns dias após a corrida”, informou o comunicado oficial no site da escuderia.

A dúvida que pairou sobre a Fórmula 1 é de que Sebastian Vettel poderia ter realizado a manobra com a bandeira amarela acionada, mas a FIA informou que ao analisar as imagens constatou que o trecho estava com sinalização verde de um dos fiscais da prova.

“A carta à FIA não pretendia de forma nenhuma contestar a legalidade do resultado da corrida. Recebemos dezenas de milhares de consultas relativas a este assunto de todo o mundo e cabia a nós tomar uma providencia, pedindo a Federação que olhasse para um incidente que poderia ter lançado dúvidas sobre o campeonato”, acrescentou a Ferrari.

O objetivo do comunicado foi colocar fim aos rumores e a equipe vermelha declarou o assunto encerrado. “A Ferrari devidamente toma nota da resposta enviada pela FIA nesta manhã e, portanto, considera o assunto encerrado”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade