Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Ferrari pode protestar contra resultado do GP do Brasil

São Paulo (SP)

O final de temporada da Fórmula 1 pode ter uma reviravolta e Fernando Alonso deve estar esperançoso. Nesta quarta-feira foi divulgada a notícia de que a Ferrari está cogitando fazer um protesto contra o resultado do Grande Prêmio do Brasil, disputado em Interlagos, já que a escuderia italiana alega que o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, que acabou se sagrando tricampeão mundial, teria realizado uma ultrapassagem ilegal sob bandeira amarela.

De acordo com o regulamento da Federação Internacional de Automobilismo, a entidade tem até sexta-feira para decidir a situação e, caso seja mesmo comprovado que Vettel ultrapassou Jean-Éric Vergne de forma proibida na quarta volta da prova, o piloto da Alemanha pode perder o título da temporada 2012, já que a punição para esse tipo de infração é um drive-through, o que acresceria 20s ao tempo final do representante da Red Bull e o faria cair para a oitava colocação, posição que daria o título ao espanhol Fernando Alonso.

Segundo informações da emissora britânica BBC, o próprio piloto asturiano estaria encorajando a Ferrari a formalizar o protesto.

Na última terça-feira, Fernando Alonso publicou um post misterioso em sua conta no Twitter. “Eu não acredito em milagres. Apenas faço meus milagres com as leis corretas”, escreveu o piloto da Ferrari.

Imagens da ultrapassagem de Vettel sobre Jean-Éric Vergne foram divulgadas, mas não é possível identificar pelo vídeo de um fiscal de prova já está acionando a bandeira verde para o piloto no posto de controle da reta oposta. Caso esse seja o caso, o alemão não descumpriu a regra e o resultado será mantido.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade