Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

FIA restringe uso de asa traseira móvel em treinos em 2013

Austin (Estados Unidos)

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou que o uso da asa traseira móvel nos treinos livres e classificatórios da Fórmula 1 passará a ter restrições em 2013. Até o fim desta temporada, os pilotos da categoria podem utilizar o recurso em qualquer trecho da pista durante os treinamentos, o que não será mais permitido.

A partir de 2013, a asa traseira móvel só poderá ser usada em treinos nos mesmos trechos do circuito estipulados para sua utilização em corridas. As zonas de abertura do dispositivo, conhecido pela sigla DRS, em cada prova são definidas pela própria FIA na semana de cada Grande Prêmio.

“A ideia do DRS era aumentar as chances de ultrapassagem nas corridas, não era para ele ser usado em treinos. Mas estávamos preocupados sobre sua eficiência”, explicou o diretor de prova da Fórmula 1, Charlie Whiting, afirmando que a decisão foi tomada para manter a segurança dos pilotos.

Quando um competidor aciona a asa traseira móvel, ele reduz o efeito do arrasto aerodinâmico em seu carro, que ganha velocidade. Nas corridas, o dispositivo só pode ser acionado em trechos específicos do circuito e quando um piloto está a menos de 1s do carro que vai a sua frente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade