Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Hamilton diz que brigaria pelo título com carro mais confiável

Abu Dhabi (Emirados Árabes)

O britânico Lewis Hamilton acredita que ainda estaria na briga pelo Mundial de Fórmula 1 se a McLaren tivesse um carro mais confiável. O piloto, que deixará a equipe após a temporada, venceu três provas este ano, mas é apenas o quinto colocado da tabela com 165 pontos.

Faltando duas provas para o fim do Mundial, a liderança é do alemão Sebastian Vettel, que soma 255 pontos, com dez de vantagem para o espanhol Fernando Alonso. Os dois são os únicos que têm chances matemáticas de ficar com o título da temporada da F-1.

“Estive na pole position em sete corridas este ano e ganhei três delas. Nas outras, tivemos quebras e problemas em pit stops. Se meu carro fosse tão confiável como o de Sebastian ou Fernando este ano, eu estaria lá na frente com eles. Talvez na frente, quem sabe?”, disse o piloto ao diário britânico Daily Mail.

No Grande Prêmio de Abu Dhabi, no ultimo domingo, Hamilton fez a pole position e liderava a corrida com tranquilidade, até sua McLaren sofrer uma pane ainda na 20ª volta e ele ser obrigado a abandonar a corrida. “Quando você começa da pole, geralmente você ganha a corrida, a não ser que tenha um problema grande. E eu tive em quase metade das corridas em que comecei na frente”.

A última vez que o britânico subiu ao pódio na Fórmula 1 foi justamente em sua vitória no Grande Prêmio da Itália, mas ele confia que conseguirá vencer outra prova antes de deixar a McLaren. A próxima etapa do Mundial é o GP dos Estados Unidos, em Austin, prova que antecede o derradeiro GP do Brasil.

“Seria uma maneira incrível de sair, mas estou relaxado com isso. Ainda tenho mais duas corridas e não é impossível vencer uma delas”, projetou.

AFP
Lewis Hamilton andou na frente do GP de Abu Dhabi até a pane de sua McLaren na 20ª volta

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade