Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Hamilton se diz atordoado após última corrida pela McLaren

São Paulo (SP)

Chegou ao fim a carreira do britânico Lewis Hamilton dentro da equipe McLaren de Fórmula 1, neste domingo. O piloto, campeão do Mundial de 2008, fez no Grande Prêmio do Brasil sua última corrida pelo time de seu país e disse estar atordoado por deixar a escuderia que o apoia desde a infância.

Hamilton esteve perto de se despedir da McLaren da melhor maneira possível. Após largar da pole position em Interlagos, ele ocupava a primeira colocação da corrida a 16 voltas para o fim, quando foi atingido pelo alemão Nico Hulkenberg na entrada do S do Senna, e teve que abandonar a prova.

"Agora que a temporada de 2012 realmente acabou, me sinto um pouco atordoado. Tem sido um dia de mistura de emoções. Estou triste porque não terminei a corrida, mas animado para meu futuro", disse o britânico, que acertou com a Mercedes para substituir Michael Schumacher em 2013.

Após receber apoio da McLaren durante as primeiras fases de sua carreira, Hamilton estreou na Fórmula 1 em 2007 com o time britânico e já em seu primeiro ano na elite do automobilismo mundial foi o segundo colocado da temporada, superado apenas pelo finlandês Kimi Raikkonen.

No ano seguinte, Hamilton alcançou o maior feito de sua carreira também em Interlagos, palco de sua despedida da McLaren. Com a quinta colocação do GP do Brasil, ele superou o brasileiro Felipe Massa por apenas um ponto e conquistou seu único Mundial da categoria.

AFP
Lewis Hamilton abandonou sua última corrida pela McLaren após acidente com Nico Hulkenberg

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade