Motor/Fórmula 1 - ( )

Kassab vê GP do Brasil seguro em SP com Haddad na prefeitura

André Sender São Paulo (SP)

A cidade de São Paulo tem contrato para receber o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 apenas até 2014, mas o prefeito Gilberto Kassab acredita que seu sucessor Fernando Haddad renovará o acordo entre o município e a Formula One Management (FOM), empresa que gerencia a categoria.

Para receber a Fórmula 1 nos próximos anos, no entanto, o Autódromo de Interlagos precisará passar por reformas estruturais. A mudança mais importante é a construção de uma nova área de boxes ao lado da reta oposta, já que a utilizada atualmente é alvo de reclamações das equipes. Apenas esta obra tem custo avaliado entre R$ 100 milhões e R$ 120 milhões.

“Não tenho nenhuma dúvida em afirmar que ele vai compreender a importância da Fórmula 1, de Interlagos para São Paulo, e tranquilidade em dizer que muito possivelmente deve fazer a sequência de investimentos”, avaliou Kassab, que deixa a prefeitura em 31 de dezembro.

A construção da nova área de boxes faz parte de um plano diretor de oito anos para o Autódromo de Interlagos, proposto pela atual gestão da prefeitura e com custo estimado em R$ 400 milhões. Caso a nova administração aceite o programa de melhorias no circuito, as obras para ter os boxes de Interlagos na reta oposta já para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 2014 devem começar nos primeiros seis meses do próximo ano.

De acordo com a diretora-executiva da prova de São Paulo, a mudança dos boxes não afetará o funcionamento de Interlagos, já que a atual área só será reformada após a construção da nova, no lado interno do circuito.

“A obra consegue ser isolada sem o fechamento do autódromo. Não atrapalha em nada e foi concebida exatamente para isso. Será construída uma área completamente nova e a atual reformada posteriormente. É o conceito utilizado em Silverstone e Spa. Fizeram uma nova e depois reaproveitaram a antiga”, garantiu Claudia.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gilberto Kassab acredita que Fernando Haddad aprovará reforma em Interlagos parar renovar com F-1

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade