Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Kassab vistoria obras de Interlagos e se diz orgulhoso em último GP

André Sender São Paulo (SP)

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, vistoriou as obras do Autódromo de Interlagos para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, na manhã desta quinta-feira. Acompanhado de assessores, ele permaneceu poucos minutos na pista observando as mudanças na área de escape do S do Senna e da curva no fim da reta oposta e se disse orgulhoso pela evolução do evento nos sete anos em que ficou à frente da cidade.

Kassab assumiu a prefeitura em 2006, após José Serra renunciar ao cargo para concorrer na eleição presidencial daquele ano. Responsável pela renovação do contrato da cidade com a Formula One Management (FOM) para a realização do Grande Prêmio do Brasil até 2014, ele será substituído em janeiro por Fernando Haddad, eleito em outubro.

Para a corrida de 2012 da Fórmula 1, marcada para 25 de novembro, as melhorias na pista são poucas e estão nas áreas de escape do S do Senna, que agora tem asfalto em vez de grama, e da curva ao fim da reta oposta, que recebeu uma faixa de grama artificial. As principais obras foram realizadas nas arquibancadas e no setor de infraestrutura do autódromo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Prefeito de São Paulo fez rápida vistoria das obras no Autódromo de Interlagos

“Vamos ter mais uma vez, para orgulho da nossa gestão, avanços acontecendo aqui. Nos últimos sete anos, sempre tivemos avanços dentro de um plano diretor”, disse Kassab ao retornar aos boxes do circuito paulistano para fugir do sol após poucos minutos na pista. "O sentimento é de missão cumprida, de muita felicidade. Podemos afirmar que deixamos um legado não só para a F-1, mas para o autódromo"

Para receber a Fórmula 1 pelo 23º ano consecutivo, São Paulo gastou nas obras em Interlagos, segundo estimativas da própria prefeitura, R$ 22,5 milhões. O valor é ligeiramente inferior ao investido na temporada passada, em que não houve melhorias na pista e os principais custos foram para a construção de arquibancadas temporárias e para reforma do Setor B de torcedores.

“A principal mudança é a existência das novas arquibancadas, que é muito importante porque faz parte do processo de reformulação das arquibancadas. Além dessa obra, temos uma somatória de pequenas intervenções, cujo resultado é maior do que uma grande intervenção, principalmente no campo da infraestrutura", avaliou o prefeito.

Em seu último GP do Brasil como mandatário de São Paulo, Gilberto Kassab foi homenageado pelos organizadores da prova. Ele recebeu das mãos da diretora-executiva da prova, Claudia Ito, que assumiu o posto em 2009, um troféu de prata com os dizeres “sete vezes vencedores do GP Brasil de Fórmula 1”.

Após ser homenageado, Kassab deixou seu troféu em uma mesa no refeitório de Interlagos e almoçou ao lado de assessores, autoridades e organizadores do GP do Brasil. Após se alimentar, foi embora do autódromo deixando para trás o presente recebido.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Kassab recebeu homenagem dos organizadores do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade