Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Massa se diz confiante e mira evolução: "não aprendi a guiar agora"

André Sender e Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Ao mesmo tempo em que se vê obrigado a encarnar o papel de escudeiro do espanhol Fernando Alonso na Ferrari, Felipe Massa projeta evoluir de forma significativa na próxima temporada. Na véspera do Grande Prêmio do Brasil, ele lamentou os resultados abaixo do esperado alcançados na primeira parte do campeonato.

“O trabalho de ajudar o Alonso e a equipe agora tem tudo a ver com minha primeira parte do campeonato, uma parte fraca, em que não tive bons resultados, não consegui marcar pontos suficientes. Na segunda parte do ano, consegui fazer o que deveria ter feito na primeira”, disse.

Os resultados decepcionantes no começo da temporada colocaram em risco a renovação de contrato do brasileiro com a Ferrari, concretizada apenas após a evolução demonstrada a partir de outubro – ele somou 82 de seus 107 pontos nas últimas oito corridas e voltou ao pódio depois de dois anos com um segundo posto no Japão.

“Estou bem satisfeito com meu trabalho de agosto até agora e isso é uma preparação para 2013. No começo do ano, todo mundo tem 0 ponto. Sei que sou capaz de ser competitivo o ano inteiro. Não é porque fiquei competitivo recentemente que aprendi a dirigir agora. Muita coisa muda de um ano para outro”, afirmou.

AFP
Mesmo não tendo feito uma temporada boa, Felipe Massa acredita que vai evoluir bastante em 2013
Ainda que procure demonstrar otimismo para a próxima temporada, Felipe Massa terá que conviver com a sombra do espanhol Fernando Alonso. Bicampeão mundial, o europeu é o único que pode impedir o tri do alemão Sebastian Vettel no Grande Prêmio do Brasil.

“(A questão) não é o companheiro de equipe, porque sei que se estiver bem, tranquilo e guiando o carro como sei, posso ser competitivo com qualquer piloto. Agora, estou no caminho certo, feliz e guiando do jeito que sei. É a melhor coisa que pode acontecer para o meu psicológico e para me para preparar bem o ano que vem”, disse.

Sem ganhar uma corrida desde que triunfou no Grande Prêmio do Brasil-2008, Massa sonha com a possibilidade de quebrar o longo jejum com sua terceira vitória em Interlagos neste domingo, já que também cruzou a linha de chegada em primeiro na temporada de 2006.

Longe da briga pelo título desde 2008, o brasileiro diz torcer pelo título do companheiro Fernando Alonso. A 13 pontos de Sebastian Vettel na tabela de classificação, o espanhol precisa terminar no pódio e torcer por um insucesso do alemão para comemorar o tri.

Veja as possibilidades de cada piloto:

 
 

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade