Motor/Fórmula 1 - ( )

Newey admite surpresa com desempenho do carro após batida

São Paulo (SP)

Tido como um dos principais responsáveis pelo sucesso de Sebastian Vettel na Fórmula 1, o projetista Adrian Newey temeu pelo tricampeonato do piloto da Red Bull. Após o alemão se chocar com Bruno Senna (Williams) na primeira volta do Grande Prêmio do Brasil, neste domingo, o engenheiro britânico não acreditou que o carro da escuderia austríaca seria capaz de continuar na pista.

“Sebastian nos chamou pelo rádio, pois achava que não conseguiria seguir competindo. Então, visualizamos o carro, vimos todos os danos e percebemos que a área de escapamento do veículo havia sido muito danificada. Normalmente, este tipo de problema faz com que o escapamento se rompa e o carro pegue fogo”, explicou.

O acidente fez Vettel cair para a última colocação da disputa no circuito de Interlagos, enquanto Bruno Senna deixou a prova. No entanto, o alemão realizou corrida de recuperação e encerrou o GP do Brasil na sexta colocação, garantindo o tricampeonato da principal categoria do automobilismo mundial com vantagem de três pontos (281 a 278) em relação ao espanhol Fernando Alonso.

“Fiquei muito surpreso ao ver o carro funcionando. Para ser completamente honesto, depois da primeira volta, pensei: ‘provavelmente está tudo acabado”, completou em entrevista à Sky Sports.

Além de Vettel assegurar o tricampeonato na disputa entre pilotos, a escuderia austríaca conquistou seu terceiro título consecutivo no Mundial de Construtores, com 460 pontos. Ferrari, com 400 pontos, e McLaren, com 378 pontos, ficaram na segunda e na terceira colocação, respectivamente.

AFP
Vettel surpreendeu projetista da Red Bull com retorno a pista após acidente com Bruno Senna

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade