Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

Red Bull não mudará postura agressiva no Brasil, garante comandante

Austin (Estados Unidos)

Com o tricampeonato de construtores garantido após o GP das Américas, no último domingo, a Red Bull tem a missão única de ajudar Sebastian Vettel na luta pelo seu terceiro título no mundial de pilotos. Apesar de saber que o alemão garante o título com uma simples quarta colocação, a equipe irá manter a mesma postura agressiva das últimas corridas em Interlagos, descartando fazer prova conservadora a fim de evitar problemas com o carro de Vettel.

“Nós apenas temos de abordar a próxima corrida da mesma forma que fizemos nas últimas 19. Temos de ir para lá, atacar no final de semana e obter o melhor de nós mesmos, do carro, da estratégia, dos pilotos, da confiabilidade”, analisa Christian Horner, comandante da equipe.

AFP
Após comemorar o tri de construtores, Horner (à esq.) garante postura agressiva na luta pelo terceiro título de Vettel
Com treze pontos de vantagem sobre o espanhol Fernando Alonso, segundo colocado no mundial, Vettel precisa somar 12 pontos para garantir o título sem depender de nenhuma combinação de resultados.

O piloto da Ferrari só será campeão caso vença a prova em Interlagos e o alemão termine de quinto para trás. Caso seja o segundo, Alonso tem que torcer para que Vettel não passe da oitava colocação. Já uma terceira colocação só daria o título ao espanhol caso Vettel seja no máximo o décimo.

“Tudo pode acontecer, como temos visto nesta temporada. Mas é bom ir para lá com a liderança, e vamos para lá determinados a encerrar o trabalho”, conclui Horner.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade