Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Senna lamenta acidente e abandono na primeira volta em casa

São Paulo (SP)

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acabou rapidamente para o brasileiro Bruno Senna, neste domingo. Após acertar na primeira volta o alemão Sebastian Vettel, que se tornou tricampeão da categoria, o piloto da Williams ainda foi atingido por Sergio Pérez e abandonou antes mesmo de completar um giro em Interlagos.

A prova em São Paulo foi vencida por Jenson Button, seguido por Fernando Alonso e Felipe Massa. Mas a festa foi de Vettel. Com a sexta colocação, ele garantiu o tricampeonato do Mundial com três pontos de vantagem para o espanhol da Ferrari.

"Fiz uma boa largada e estava indo bem até a Curva 4. O Vettel estava vindo por fora e passou para dentro. Eu vinha tranquilo para fazer a curva, mas fiquei sem espaço e batemos", lamentou Senna já nos boxes da Williams.

O abandono na frente da torcida brasileira foi lamentado pelo piloto paulista, que esperava um bom desempenho em Interlagos para impressionar a Williams e outras equipes do Mundial. O sobrinho de Ayrton Senna não tem contrato para a próxima temporada e ainda negocia com os times para seguir na categoria.

Em sua atual equipe, no entanto, a situação é complicada e ele deve ser substituído pelo finlandês Valtteri Bottas.

"A equipe sabe que eu não tive chance de evitar a batida. É a primeira vez que eu abandonei na primeira volta este ano, mas para o time não foi o melhor jeito de encerrar o ano".

AFP
Acidente com o alemão Sebastian Vettel tirou Bruno Senna do GP do Brasil na primeira volta

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade