Fórmula 1/Bastidores - ( - Atualizado )

Terceiro carro com piloto local “faria barulho” na F1, diz Andretti

Austin (Estados Unidos)

Campeão mundial em 1978 e embaixador do retorno do GP dos Estados Unidos ao calendário da Fórmula I, o ítalo-americano Mario Andretti sugeriu o retorno de uma antiga regra a fim de fortalecer o apelo popular da categoria. Segundo Andretti, a liberação de um terceiro carro para escuderias utilizarem pilotos locais, ato que atrairia a atenção de um público diferente a cada GP.

“Eu adoraria ver a volta da regra que permitia a você acrescentar um terceiro carro e colocar um piloto convidado. Foi assim que eu entrei”, ressalta Andretti, convidado pela Lotus para correr na Itália, seu país natal, e nos Estados Unidos, onde é naturalizado, em 1968.

Para o ex-piloto, a decisão acertaria ao ousar após longo período em que parte de seus fãs perderam interesse em ir às corridas. “Se você pode ter seus próprios caras levantando suas próprias bandeiras em seus países, isso geraria muito mais atenção. Sempre funciona. Quanto mais barulho você puder fazer, melhor”, completa, em entrevista ao jornal canadense Globe and Mail.

Mesmo sem a permissão para pilotos americanos participarem como convidados, Andretti acredita que o GP de Austin deve ser sucesso de público. Segundo o ex-piloto e embaixador, o fato de o país não receber uma etapa da Fórmula 1 há cinco anos é o grande atrativo para a corrida, além do alto padrão de qualidade oferecido do circuito oferecido aos torcedores.

“Demorou muito tempo para termos uma instalação como esta, capaz de abrigar apropriadamente corridas em circuitos mistos. Temos vários autódromos clássicos nos Estados Unidos e Canadá, mas, fora Montreal, muitos deles ficaram para trás no tempo, em termos de padrões de segurança e infraestrutura. Agora temos um lugar onde podemos mostrar o mais alto nível do esporte e acho que todos os fãs da Fórmula 1 na América do Norte deveriam se alegrar”, finaliza.

O GP de Austin, 19ª e penúltima etapa da temporada da Fórmula 1, acontece neste domingo. Será a primeira vez que o circuito recebe uma corrida da categoria – antes dele, Indianápolis, Phoenix, Watkins Glen e Riverside foram algumas das cidades norte-americanas que receberam etapas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade