Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Vettel rebate críticos: “E pensar que não era capaz de ultrapassar”

Milton Keynes (Inglaterra)

A temporada 2012 da Fórmula 1 terminou assim como as duas anteriores: com Sebastian Vettel campeão. Porém, a última conquista foi diferente e o alemão pode provar aos críticos ser um bom piloto e não apenas ter um bom carro.

As conquistas de 2010 e 2011 foram facilitadas pela soberania do carro da Red Bull frente às outras equipes, o que permitia ao piloto partir da pole-position em muitas provas. O contexto motivou muitos críticos a duvidarem da verdadeira capacidade de Vettel como piloto. Após o terceiro Mundial, com corridas complicadas e muitas ultrapassagens, inclusive na decisão do Grande Prêmio do Brasil, o alemão rebateu os críticos.

“É realmente um pouco engraçado olhar para trás agora e pensar que eu não era capaz de ultrapassar. Agora, depois de apenas duas corridas, eles mudaram de ideia” afirmou em visita à fábrica da Red Bull.

AFP
Sebastian Vettel mostrou até a última corrida da temporada sua capacidade de ultrapassar

Vettel não acredita que tenha mais méritos esse ano, por ter conseguido menos poles, do que nas conquistas anteriores. “Ganhar quando se parte da frente e vir de trás é o mesmo. Você faz o seu melhor, mas as pessoas só dão crédito por ter ultrapassado. Eles talvez não entendam o que é abrir oito segundos de vantagem”, opinou. “No ano passado, nós sempre iniciamos da melhor posição, e, sim, não fazíamos ultrapassagens, então éramos criticados por isso”, completou.

O alemão ainda afirmou que a pressão por mais vitórias aumenta e isso dificulta as corridas, todavia, sua estratégia será pensar em uma prova de cada vez. “Não é fácil se manter focado, é muito difícil, mas busco sempre ir passo a passo. Eu disse no domingo, depois da corrida, que o mais difícil é vencer depois de ter vencido”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade