Futebol/Amistosos - ( - Atualizado )

Antes de amistoso, Deschamps elogia estilo ofensivo da Itália

Parma (Itália)

Finalistas da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, onde o time liderado por Fabio Cannavaro conquistou o título, Itália e França voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 17h50 (de Brasília), no estádio Ennio Tardini, em Parma. Atento ao estilo de jogo da equipe adversária, o treinador da seleção francesa, Didier Deschamps, destacou que os italianos alteraram suas características nos últimos anos e oferecem maior perigo ao time rival.

“Antigamente, a Itália era realista e se preocupava apenas em se defender. Na última Eurocopa, presenciamos um grupo que pensa muito bem e vai para frente, causando problemas aos adversários. Por isso, foram recompensados com uma final”, analisou Deschamps, lembrando o vice-campeonato da seleção comandada por Cesare Prandelli, derrotada pela Espanha na decisão.

Além disso, Deschamps elogiou o meio-campista Marco Veratti, que atua pelo Paris Saint-Germain. Na visão do treinador francês, o adversário ainda não pode ser comparado ao principal atleta do time rival, Andrea Pirlo, mas capacita ofensivamente a equipe comandada por Prandelli e pode realizar grandes atuações.

“Ele sempre gira o jogo para frente, está sempre disponível. No futuro, certamente corrigirá algumas pequenas falhas e terá consciência dos riscos que assume. Veratti deve encontrar o equilíbrio certo, mas Carlo Ancelloti (treinador do PSG) deve corrigir rapidamente sua postura no setor defensivo”, encerrou.

AFP
Jogador da Juventus entre 1994 e 1999, Deschamps alertou para mudança no estilo do futebol italiano

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade