Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

CBF anuncia a doação de R$ 100 mil às vítimas do furacão Sandy

Rio de Janeiro (SP)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) doará R$ 100 mil às vítimas do furacão Sandy, que afetou Jamaica, Cuba, Bahamas, Haiti, República Dominicana e a costa leste dos Estados Unidos entre os dias 24 e 31 de outubro. A formalização da caridade acontecerá antes do amistoso entre a Seleção Brasileira e a Colômbia, nesta quarta-feira, em Nova Jersey (EUA).

“Nós queremos oferecer apoio ao povo de Nova Jsersey e Nova York, que sofreu com o furacão. A região tratou a CBF e os jogadores com grande afeto quando jogamos aqui na primeira vez, e queremos retribuir”, disse o presidente da entidade máxima do futebol brasileiro, José Maria Marin, que também verá os colombianos doarem fundos às vítimas.

O dinheiro também será arrecadado na partida, marcada para as 22h30 (de Brasília), no Estádio MetLife. Ao todo, calcula-se que o furacão Sandy causou 182 mortes e 22 desaparecimentos, junto com um prejuízo, nos Estados Unidos, que gira em torno dos R$ 50 bilhões. O local do jogo do Brasil foi um dos mais afetados pela ocorrência.

AFP
José Maria Marin, afirmou que a doação da CBF é uma forma de retribuir a hospitalidade norte-americana

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade