Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Com os pés no chão, Conca elogia Abel e espera voltar ao Fluminense

Rio de Janeiro (RJ)

O desejo do maior ídolo da torcida na década passada e a busca da diretoria por um meia armador podem repatriar Darío Conca para o Fluminense. Apesar de colocar a volta ao ex-clube como prioridade, o argentino segura a empolgação ao lembrar dos altos valores que os chineses do Guangzhou Evergrande podem pedir em uma possível negociação.

Em entrevista ao canal de TV a cabo Fox Sports, o craque do Flu na conquista do Campeonato Brasileiro de 2010 garantiu que, se voltar ao Brasil, espera de braços abertos por uma proposta do Tricolor, mas ressalta que o time chinâs não deve liberá-lo do contrato que se iniciou em 2011 e termina apenas no final da próxima temporada.

"A negociação nesse momento é complicada, pois tenho contrato até 2013. Sei que o Fluminense tem interesse, mas terá que conversar com os chineses e ver se eles concordariam em me liberar antes. Se desse para voltar agora, seria bom, mas não depende só de mim. Tem advogado e gente que está cuidando disso", revelou o argentino.

Negociado no início do ano passado por R$ 18 milhões, Conca garantiu que acompanhou toda a campanha do título do Brasileirão e aproveitou para elogiar o possível chefe. "O Fluminense sempre me tratou bem, todos sabem o carinho que tenho pelo time. Acompanhei a conquista e fiquei muito feliz porque o clube e a torcida mereceram. O Fluminense fez grande campeonato, e o Abel (Braga) trabalhou muito bem", destacou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade