Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em despedida, Aloísio se diz triste por não ter ajudado Figueira

Florianopolis (SC)

Destaque de seu time no Brasileião, Aloísio se despediu oficialmente do Figueirense. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o jogador não enfrenta o Coritiba na última rodada e já revelou que não continua na equipe em 2013. Sem dar pistas sobre seu futuro clube, o Touro Bandido, apelido que ganhou da torcida local, afirmou que não conseguiu cumprir seus objetivos no time.

“Estou triste por tudo que deixei de fazer. Mas mais triste por sair daqui, infelizmente, de cabeça baixa. Não consegui ajudar o Figueirense da maneira que queria”, afirmou o atacante.

Na última rodada, na derrota do Figueira por 4 a 2 para o Grêmio, Aloísio deixou sua marca duas vezes e chegou à marca de maior artilheiro da história do Figueirense em Campeonatos Brasileiros, com um gol à frente de Fernandes.

“Fico feliz. Sabia da marca que era do Fernandes. Tive a felicidade de marcar os dois. Mas, infelizmente, não deu pra ganhar a partida. De novo perdemos para nós mesmos. Acho que se tivéssemos focado mais e nos doado mais, poderíamos conseguir um resultado melhor”, analisou.

Na última rodada do Brasileirão, o Figueira viaja a Curitiba no domingo, onde encara o Coxa, às 17 horas. No primeiro turno as equipes se enfrentaram no Orlando Scarpelli e os donos da casa venceram por 3 a 1 com três gols de Aloísio. Anderson Aquino descontou para os visitantes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade