Futebol/Seleção Brasileira - ( - Atualizado )

Sem descartar a Seleção, Parreira pede técnico com "mala cheia"

São Paulos (SP)

Campeão da Copa do Mundo de 1994 com a Seleção Brasileira, o técnico Carlos Alberto Parreira não descartou sua volta ao time, que está sem um treinador desde a última sexta-feira, quando Mano Menezes foi demitido. O tetracampeão afirmou que um bom planejamento da CBF para o próximo Mundial, em 2014, poderia fazê-lo voltar à comissão técnica.

“Eu não sou candidato a cargo nenhum. Mas, se precisarem de mim, estou disposto a colaborar. A Seleção é sempre um prazer para quem já esteve lá. Mas não depende só de mim. Só que preciso de um projeto, assim como qualquer outro”, disse o comandante à Rádio Jovem Pan, na tarde desta segunda-feira.

Parreira também analisou os possíveis nomes para o comando técnico da Seleção, mas sem cogitar um nome estrangeiro. “Nós temos cem anos de tradição e somos pentacampeões. No futebol, não precisamos de técnicos estrangeiros. Talvez em outros esportes, como natação e basquete. Mas precisamos de alguém com ‘mala cheia’”, definiu.

AFP
Carlos Alberto Parreira entendeu decisão da CBF, pediu técnico com "mala cheia" e não descartou voltar
O técnico, que teve o seu último trabalho na seleção da África do Sul, na Copa de 2010, entendeu as atitudes da CBF, que decidiu esperar até janeiro para o anúncio do nome. “O procedimento padrão seria o de demitir e contratar logo em sequência. Mas isto não aconteceu porque eles têm dúvidas. Não tendo uma segurança, é plausível esperar até janeiro”, finalizou Parreira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade