Futebol/Campeonato Inglês - ( )

Após críticas da torcida, Cech pede apoio ao técnico Rafa Benítez

Londres (Inglaterra)

Contratado para assumir a vaga do demitido Roberto Di Matteo, o técnico Rafa Benítez não conseguiu o apoio da torcida do Chelsea em sua estreia. Comandante do rival Livepool entre 2004 e 2010, o espanhol teve uma recepção hostil, com cartazes e recados de que não era bem-vindo pelos torcedores em seu primeiro jogo, o empate sem gols com o vice-líder Manchester City.

Um dos mais experientes atletas do elenco londrino, o goleiro Petr Cech pediu um voto de confiança ao novo treinador. “Infelizmente, você não pode mudar a história. Tivemos uma longa rivalidade com o Liverpool, mas ele está aqui para tentar mudar as coisas, nos fazer vencer e ele precisa ter uma chance para provar que a merece”, decretou, em entrevista para a Sky Sports.

Em seu debute, o treinador ouviu vaias e viu faixas como “Rafa, fora” e “Em Roberto nós acreditávamos e amávamos; em Rafa nunca acreditaremos! Fato!”. Apesar de dizer ter mantido o foco apenas na partida, sem prestar atenção nos protestos, Benítez entendeu a relação por enquanto conturbada com os torcedores.

“Compreendo por conta da rivalidade no passado, mas acho que a maioria dos torcedores entende. Sou um profissional e quero apenas fazer o meu trabalho, ganhar neste clube e com estes torcedores”, decretou o espanhol, que volta a comandar os Blues nesta quarta-feira, em partida com o Fulham, no Stamford Bridge.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade