Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após rebaixamento, veja qual pode ser o futuro do elenco palmeirense

Edoardo Ghirotto e Thiago Bastos Ferri* São Paulo (SP)

Quatro meses depois do título da Copa do Brasil, o elenco palmeirense caiu em desgraça pela queda para a Série B do Campeonato Brasileiro, consumada com duas rodadas de antecedência, nesse domingo. A recente conquista acabou ‘esquecida’, e parte dos jogadores alviverdes sofreu até ameaças de torcedores. Assim como em 2002, quando o Verdão foi rebaixado pela primeira vez, a torcida espera que uma reformulação seja feita para a disputa da Libertadores e da Segundona em 2013.

Há dez anos, a equipe contava com jogadores experientes, mas após o descenso confirmado na derrota para o Vitória, no Barradão, 16 atletas, dos 30 que atuaram naquela liga nacional, deixaram o Palestra Itália. Ídolo do clube, o lateral Arce acertou com futebol japonês, e fez parte da barca que contou com os também alas Leonardo Moura e Rubens Cardoso. Os zagueiros Alexandre, tido como vilão da queda, e César tomaram o mesmo caminho, acompanhados por Marco Aurélio, Jeovânio, Paulo Assunção, Célio, Juliano, Flávio, Juninho, Fabiano Eller, Lopes, Itamar e Nenê.

Ficaram para 2003: Marcos, Sérgio, Alceu, Diego Souza, Leonardo, Pedrinho, Anselmo, Vagner Love, Muñoz, Dodô, Thiago Matias, Pedro, Adalto e Zinho. Destes, porém, os cinco últimos ainda deixariam o Palmeiras até o início do Brasileiro. Apostando em atletas jovens e pouco badalados, a equipe comandada por Jair Picerni obteve grande sucesso na Série B daquele ano e levou o título que culminou com o retorno do Verdão para a elite do futebol nacional. Veja abaixo qual pode ser o futuro dos que participaram da fracassada campanha deste ano no clube paulista.
 
 

* especial para a GE.net

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade